Policial

Defesa de Pereira tem até o fim deste mês para evitar júri popular

Atualmente, José Pereira encontra-se em prisão domiciliar

Publicado: | Atualizado em 17/01/2024 08:00


José Pereira - @BR104
José Pereira - @BR104

O policial da reserva José Pereira da Costa, acusado de assassinar o empresário italiano Fabio Campagnola, tem um prazo até 25 de janeiro para apresentar recurso contra a decisão de levá-lo a júri popular.

O crime ocorreu na Praia do Francês, em Marechal Deodoro, e completou um ano no dia 3 de janeiro, data do assassinato de Campagnola. Atualmente, José Pereira encontra-se em prisão domiciliar e já foi formalmente acusado de homicídio duplamente qualificado.

A defesa da família de Campagnola informa que o processo está em fase de conclusão. Sem um recurso bem-sucedido por parte da defesa de Pereira, é provável que ele enfrente um júri popular ainda este ano. Marcelo Medeiros, advogado relacionado ao caso, destacou que, apesar do processo estar em estágio avançado, ainda há espaço para recurso pela defesa de Pereira.

O assassinato de Campagnola ocorreu durante uma disputa sobre a instalação de um carrinho de churros perto de sua sorveteria na Praia do Francês. Imagens de câmeras de segurança capturaram a briga entre Pereira e Campagnola, seguida pelo ato do policial de retornar ao local e disparar contra Campagnola à queima-roupa.

A Justiça de Alagoas já acatou a denúncia apresentada pelo Ministério Público Estadual, tornando Pereira réu no caso.


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também


Pessoa presa - Imagem ilustrativa @Reprodução
Policial
Justiça revoga prisão de mulher que confessou matar amante

O Ministério Público se posicionou contra a decisão


Pessoa presa - Imagem ilustrativa @Reprodução
Policial
Presa em União dos Palmares mulher que confessou matar amante

Após o crime, a mulher fez publicações em redes sociais confessando o ato, onde mencionou ter assassinado o pai de cinco filhos.


Militares envovlidos na ação - @Reprodução
Policial
Veja quem são os presos em operação da PM, que deixou um morto e dois feridos em Murici

A operação foi desencadeada após uma tentativa de homicídio contra um indivíduo conhecido como "Robinho".


Baleado no HRM - @Reprodução
Policial
Um morre e outro é baleado em troca de tiros com a PM em Murici

A operação policial visava especificamente Robson, mais conhecido como Robinho, que seria o alvo principal dos criminosos durante o ocorrido.