publicidade
publicidade
Tecnologia

Site promete que usuários vejam quem visitou seu perfil no Facebook

Página falsa promete mostrar os últimos visitantes no Facebook, mas rouba login e senha dos usuários

Publicado: | Atualizado em 16/01/2019 15:47


Novo golpe no Facebook (Crédito: Reprodução/Internet)
Novo golpe no Facebook (Crédito: Reprodução/Internet)

Uma página maliciosa está prometendo uma maneira de informar os internautas para que eles tenham acesso as pessoas que visitaram seu perfil no Facebook. Mas, para isso acontecer o usuário precisa se cadastrar no site com nome e senha do perfil para ter acesso a suposta informação. Com esses dados coletados os criminosos tem o total controle do perfil da vítima.

De acordo com o “DFNDR Lab“, o laboratório da PSafe empresa especializado em cibersegurança, o link que da acesso a página falsa está sendo propagada nas redes sociais e em anúncios publicitários.

+ Fique atento: Golpe no WhatsApp promete materiais escolares de graça

Segundo analistas a promessa feita pela suposta página é impossível de ser cumprida, já que o Facebook não oferece um meio de informar “quem visitou o perfil”. Qualquer outro tipo de site que afirmar esse serviço aos usuários da rede social, poderá ceder informações inativas, em outras palavras, a lista de visitantes do seu perfil jamais será correta ou seja, informações falsas.

A mensagem emitida no site fraudulento diz “Este app não tem acesso ao seu e-mail ou sua senha do Facebook“. Esse mesmo tipo mensagens são anunciadas em outros sites que fazem uso do login de acesso da rede social. Porém, nesse caso, as informações são falsas, e ao invés do usuário digitar seu login na página principal as informações são feitas no site enganoso.

Novo golpe promete que usuários da rede social saiba quem visitou seu perfil (Crédito: Reprodução/Internet)

Novo golpe promete que usuários da rede social saiba quem visitou seu perfil (Crédito: Reprodução/dfndr Lab)

Ter o login e a senha do Facebook roubados pode parecer algo simples à primeira vista, pois pensamos apenas nas fotos e nos contatos com amigos, mas não é. Com acesso a sua conta, o cibercriminoso pode conseguir informações diversas como: os locais que frequenta; região ou até mesmo o local exato onde mora; informações sobre filhos e cônjuges; entre outros“, disse Emilio Simoni, diretor do departamento pessoal da DFNDR lab.

Alguns sites normalmente aceitam em seus cadastros o mesmo login utilizado no Facebook, com isso o usuário terá acesso aos serviços utilizados nos sites. Já nesse caso, os criminosos fazem uso desta mesma tática para conseguir informações privilegiadas das vítimas.

veja também

Hidroweb Mobile | © Ícaro Chavarria/BR104
Tecnologia
ANA disponibiliza app gratuito com dados de rios e chuvas nas regiões ribeirinhas

O aplicativo disponibilizado pela ANA trás dados sobre os rios e chuvas nas regiões ribeirinhas. O download é gratuito.


Google | © Reprodução
Tecnologia
Google doa cerca de R$ 1,2 milhão às regiões afetadas pelas chuvas

O Google irá destinar o montante de 250 mil dólares, aproximadamente R$ 1,2 milhão na cotação atual, às regiões afetadas pelas chuvas.


Mensagem Twitter | © Reprodução
Tecnologia
É falso que Twitter tenha modificado cores do ícone curtir

De acordo com as informações, a nova atualização acontece após o empresário Elon Musk comprar a plataforma.


Reação em mensagens do WhatsApp | © Reprodução
Tecnologia
Reações em mensagens faz parte de nova atualização do WhatsApp

Além das reações, o aplicativo passa a permitir o envio de arquivos de até 2GB.


TikTok | © Reprodução
Tecnologia
TikTok pretende dividir receita com usuários da plataforma

A plataforma pretende dividir a receita com usuários com 100 mil inscritos ou mais.