Fernando Pimentel tem sigilo telefônico “quebrado” pela justiça

O ex-governador mineiro está sendo acusado de lavagem de dinheiro; ele disse que as 'investigações cuida de fatos anteriores' a seu mandato

Publicado em: 26/07/19 às 8:23

Por Johny Lucena | BR104


Governador de MG Fernando Pimentel (PT) — © Lucas Lacaz Ruiz
Governador de MG Fernando Pimentel (PT) — © Lucas Lacaz Ruiz

Política — A Justiça Federal decretou a quebra do sigilo telefônico do ex-governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT), em uma investigação que apura possíveis beneficiários de R$40 milhões desviados da Cemig, a estatal mineira de energia.

A medida atendeu ao pedido feito pelo Ministério Público Federal no âmbito da (E o Vento Levou 2), fase da Operação Descarte deflagrada nesta quinta-feira (25). O ex-governador e atual deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) também está sendo investigado na operação.

A decisão foi tomada pela juíza Silvia Maria Rocha, da 2ª Vara Federal em São Paulo, especializada em crimes de lavagem de dinheiro. A quebra de sigilo telefônico é referente ao ano de 2014, quando Pimentel deixou o cargo de ministro do Desenvolvimento na gestão Dilma Rousseff para concorrer ao cargo de governo de Minas Gerais (MG).

A Polícia Federal apura suspeita de superfaturamento de R$ 40 milhões em um contrato de energia eólica da Renova Energia S.A, firma que havia recebido mais de R$ 800 milhões aportes da Cemig, com a empresa Casa dos Ventos.

+ Lista de autoridades vítimas dos hackers presos na ‘Operação Spoofing’ aumenta

Esses R$ 40 milhões, segundo os levantamentos das investigações foram escoados em contratos fictícios com outras empresas, convertidos em espécie e distribuídos a diversas pessoas.

Além da quebra do sigilo de Pimentel, também foi decretada a quebra de sigilo do ex-deputado Gabriel Guimarães (PT-MG), o principal alvo desta fase da operação, de Leandro Gonçalves, suposto operador do ex-parlamentar, e de dois delatores.

Também foi determinada busca e apreensão na casa de Gabriel, suspeito de ser o destinatário de parte dos recursos desviados.

Pimentel foi citado pelo delator Ricardo Assaf, diretor financeiro da Renova. Ele afirma, na colaboração, que em um jantar com Gabriel Guimarães em outubro de 2014 acertou de ser apresentado ao então governador eleito e ficou ajustado o repasse de R$ 2 milhões a Gabriel. Esses valores, disse Assaf, foram entregues em espécie.

Camarote no carnaval do Rio

Ainda segundo os delatores, a Renova financiou camarote, transporte e hospedagem para convidados de Gabriel, no valor de R$ 220 mil, para o carnaval do Rio de Janeiro. Entre os convidados, estavam Pimentel e sua mulher, Carolina.

Foram mostradas trocas de mensagens de Whatsapp com a organização do transporte. Apesar de a Renova financiar o camarote, não havia publicidade da empresa no local.

O Ministério Público Federal pediu busca e apreensão também na residência de Pimentel, mas o pedido foi negado. Ela afirma que não há “menção expressa” nas delações de que o ex-governador solicitou valores ou vantagens à empresa.

+ Sindpol diz que delegacia de União continua recebendo presos mesmo interditada

“O único fato, até então apresentado, que possa demonstrar algum envolvimento do ex-governador com os fatos, consubstancia-se no financiamento de camarote pela Renova. No entanto, em nenhum momento fica evidenciado que Fernando Pimentel tenha tratado diretamente sobre o tema, nem sequer que tinha ciência de que o evento foi financiado pela empresa, Renova.”

Na primeira fase da E o Vento Levou, os principais alvos foram aliados do também ex-governador de Minas Aécio Neves (PSDB), atualmente deputado federal.

A segunda fase, deflagrada nessa quinta-feira (25), cumpriu oito mandados de busca e apreensão em Salvador, São Bernardo do Campo (SP), Lauro de Freitas (BA), Milagres (BA) e Nova Lima (MG). Os alvos são investigados sob suspeita dos crimes de associação criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Em nota, a assessoria do ex-governador Fernando Pimentel afirmou que:

A investigação se debruça sobre fatos anteriores à gestão de Fernando Pimentel no Governo de Minas Gerais. O ex-governador desconhece o caso e não tem nem teve relações com a empresa Renova”, esclarece a nota.

*com Folhapress

Fernando Collor nega ter “excluído” Muquém de lista; “foi a Palmares”

Segundo uma nota enviada à redação do BR104, quem escolheu as comunidades quilombolas para receber as cestas básicas foi a Fundação Cultural Palmares

Há 1 hora atrás | Redação

Filme “Zumbi Quilombo dos Palmares” será gravado na Serra da Barriga

A segunda fase do filme sobre Zumbi dos Palmares será gravada no fim de julho, nos municipios de Atalia e União dos Palmares

Há 2 horas atrás | Redação

Após denúncia de Caju, prefeitura de União retoma obra de creche que custou R$2 milhões

Com um custo de R$2 milhões, embora a Miramar Construtora LTDA seja a vencedora da licitação, a obra vem sendo tocada por uma empreiteira local.

Há 4 horas atrás | Redação

BR 416: Ministro confirma a JHC retomada para conclusão das obras

JHC já garantiu R$ 15 milhões para a obra que será́ um marco para a Zona da Mata.

Há 5 horas atrás | Redação

Fernando Collor exclui Muquém de entrega de cestas básicas por disputa política

O Muquém, no município de União dos Palmares, é o único quilombo remanescente de Palmares

Há 5 horas atrás | Redação

Rodrigo Cunha lamenta contágio de Covid-19 por Bolsonaro

Para Cunha, um presidente da republica testar positivo para a doença, revela apenas que o vírus não faz distinção de pessoas

Há 6 horas atrás | Redação

Educação de Santana do Mundaú entrega novos 2.117 kits de gêneros alimentícios

A secretária Daniele Márcia reforça que apesar do delicado período, tanto as equipes da educação, quanto pais e alunos, estão tentando se adequar ao "novo normal".

Há 7 horas atrás | Redação

Congresso “Não perca a Alegria” será online e gratuito, divulgam Testemunhas de Jeová

Veja onde e como assistir ao programa que contará com entrevistas e a exibição de um filme sobre Neemias

Há 7 horas atrás | Redação

Eleições 2020: Pré-candidato a prefeito da Laje recebe apoio de Inácio Loiola

Deputado elogia postura política e projetos de Flávio Catão para São José da Laje

Há 7 horas atrás | Redação

CBF define data e sede única da Copa do Nordeste

A competição foi paralisada faltando apenas uma rodada para finalizar a primeira fase, e dá início ao mata-mata

Há 7 horas atrás | Johny Lucena | BR104