publicidade
publicidade
Justiça

Acusado de tentativa de homicídio vai a júri popular nesta quarta em União

Rafael "Terror" tentou assassinar colega de 16 anos disparando 4 vezes; tentativa ocorreu no bairro dos Terrenos

Publicado: | Atualizado em 19/12/2018 14:07


Vai a Júri popular nesta quarta-feira (14), em União dos Palmares, Odlavig Rafael da Silva Melo, “Rafael Terror”, no auditório Tágore Carnaúba, pela tentativa de assassinato de Julison Saturnino do Nascimento, ocorrido em 2015, quando a vítima tinha apenas 16 anos.

De acordo com os autos, Julison foi abordado pelo que disparou quatro vezes contra ele. No momento dos disparos, Julison simulou ter sido morto o que desestimulou o agressor em executar o seu desafeto.

Em entrevista ao portal Br104, o Juiz Anderson dos Santos Passos, titular da 3° Vara criminal de União dos Palmares, disse que, segundo consta na denúncia, o réu teria  cometido o crime na sua forma qualificada por não ter permitido defesa à vitima. Ele também disse que o réu nega que tenha cometido o crime.

O julgamento terá início às 9h no Fórum de União dos Palmares.

veja também

Desembargador Otávio Leão Praxedes — © Caio Loureiro
Justiça
Desembargador Otávio Praxedes se afasta do Tribunal de Justiça de Alagoas

Praxedes vai se dedicar, exclusivamente, às suas atividades como presidente do Tribunal Regional Eleitoral durante as eleições.


Juíza Lígia Seabra | © Adeildo Lobo
Justiça
União dos Palmares: Juíza Lígia Seabra toma posse no Juizado Especial

A magistrada era titular da vara única de São Sebastião, unidade de primeira entrância com maior entrada de processos.


Júri condena pai e filho a mais de 17 anos de prisão por homicídio | © Reprodução
Justiça
Júri condena pai e filho a mais de 17 anos de prisão por homicídio

Carlos foi condenado a mais de 17 anos de reclusão. Já Luiz, que é pai dele, foi apenado com 18 anos e nove meses de reclusão.


Deputado Davi Davino Filho - @Divulgação
Justiça
Campanha do PP/AL em 2020 usou quase R$ 100 mil de forma irregular, diz procurador

Segundo a Procuradoria Regional Eleitoral, o partido usou quase R$ 100 mil do Fundo Especial para custear campanha de vereadores de outros partidos.


CCJ | © Billy Boss
Justiça
CCJ aprova PEC que prevê o fim da aposentadoria compulsória para juízes como pena

A PEC 163/2012 tem o objetivo de acabar com a pena de aposentadoria compulsória com salário proporcional ao tempo de serviço.