Torcida azulina culpa Marcelo Cabo pelo resultado do último domingo

O jogo entre CSA e Botafogo registrou mais de 11 mil torcedores, sendo o segundo maior público de azulinos na Série A 2019


Publicado em: 11/06/19 às 8:11 por Johny Lucena | BR104 | Atualizado em 11/06/2019 às 8:11



CSA e Botafogo registra o segundo maior público de torcedores azulinos na Série A 2019 — © Ailton Cruz

A vitória que poderia ter acontecido no jogo do CSA contra o Botafogo no último domingo (9), no estádio Rei Pelé, deixaria a equipe alagoana em uma situação no minimo confortável em relação a atual posição do time na tabela do Brasileiro.

Mas não foi bem assim que aconteceu e, a torcida azulina acabou escolhendo o técnico Marcelo Cabo como o principal culpado pelo resultado negativo do time no último domingo. Para a imprensa, o treinador disse que o CSA conseguiu anular todas as ações do time adversário mas não chegou a finalizar com mais precisão.

+ Botafogo vira nos acréscimos e bate CSA por 2 a 1 no Rei Pelé

A gente está muito triste pelo resultado, pelo que a equipe produziu durante todo o jogo. Analisando a performance, a gente fez talvez 80%, 90% do jogo de excelência, criou 20 oportunidades de gols, seis ou sete dentro do gol, um time que veio para propor jogo, veio para marcar o Botafogo sob pressão. A gente anulou todas as ações do Botafogo, mas, infelizmente, não conseguiu traduzir isso em resultado. A gente tomou dois gols: o primeiro a gente sinalizou que era uma bola no Diego para ajeitar no segundo pau, o segundo gol teve um escanteio um minuto antes, não fizemos e tomamos o gol de escanteio, onde houve um bate-rebate dentro da área“, afirmou o treinador azulino.

As principais indagações dos torcedores foi o recuo do time após o gol marcado por Carlinhos, o que para Marcelo Cabo seria natural o time recuar.

O recuo do time é uma coisa natural. Você está vencendo o Botafogo, você conseguiu bloquear o Botafogo quase 80% do jogo, é normal que o Botafogo vá se atirar. É normal que eles tentassem as bolas longas no Erik e no Diego Souza. Por isso que eu coloquei o Dawhan para tentar corrigir aquele centro do campo ali, onde o Botafogo começou a criar os passes entre linhas. O Botafogo está perdendo por 1 a 0, nos últimos 10, 15 minutos, é normal que a equipe do Botafogo se atire. Minha equipe veio para o bloco médio, baixo, para que a gente pudesse controlar o jogo e tentar matar o segundo gol. Infelizmente, eles conseguiram o gol de empate e, na última bola do jogo, praticamente, conseguiram, num escanteio, a bola que deu a vitória ao Botafogo“, explicou o técnico azulino.

+ ASA vence o Jacuipense por 1 a 0 e avança para o mata-mata da Série D

Expectadores no confronto CSA x Botafogo 

Com o surgimento da Copa América na próxima sexta-feira (14), o Brasileirão terá uma pausa, retornando os confrontos apenas no mês de julho. Com isso, a torcida azulina passará um bom tempo sem assistir jogos do Azulão no Rei Pelé.

Por esse motivo o confronto do último domingo (9) registrou um pouco mais de “dez mil” torcedores pagantes no Trapichão. Segundo o borderô divulgado pela Federação Alagoana de Futebol (FAF), nessa segunda-feira (10), o público registrado foi de 11.602 torcedores.

Destes, cerca de 10.189 pagaram ingressos para assistir a derrota de 2 a 1 do CSA diante do Botafogo, perfazendo uma renda bruta de R$ 213.537.

Com esses números a partida registra o segundo maior público do CSA na Série A do Brasileirão, ultrapassando os 10.313 torcedores registrados no empate sem gols diante do Santos, válido pela 3ª rodada da competição.

Até o momento o recorde dos marujos no Brasileirão continua sendo o empate de 0 a 0 entre CSA e Palmeiras, no dia 1º de maio, pela terceira rodada do campeonato, o jogo aconteceu no estádio Rei Pelé, e registrou cerca de 15.735 torcedores.

+ CRB joga mal e perde de 3 a 1 para o América-MG no estádio Rei Pelé

Público do CSA na Série A 2019

  • 1º: CSA 0 x 0 Palmeiras (2ª rodada) – 15.735 torcedores;
  • 2º: CSA 1 x 2 Botafogo (8ª rodada) – 11.602 torcedores;
  • 3°: CSA 0 x 0 Santos (3ª rodada) – 10.313 torcedores;
  • 4°: CSA 1 x 0 Goiás – (6ª rodada) – 9.168 torcedores.