Consumidores pagarão mais caro na conta de energia em Novembro

Taxa extra nas tarifas passa de R$ 1,50, em outubro, com bandeira amarela, para R$ 4,16 a cada 100 kWh consumidos

Publicado em: 26/10/19 às 11:07

Por Micael Batista


Conta de luz ficará mais cara em novembro — © Ilustração
Conta de luz ficará mais cara em novembro — © Ilustração

Economia — A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou, na tarde dessa sexta-feira (25), que decidiu manter o primeiro patamar da bandeira vermelha nas contas de luz em novembro. Com isso, a conta de luz dos brasileiros ficará mais cara em relação ao último mês.

O motivo foi o regime de chuvas que ficou abaixo do padrão histórico, o que influencia diretamente na capacidade de produção das hidrelétricas, eleva os custos e traz consequências diretas no preço da energia. Em outubro, está em vigor a bandeira amarela, que tem cobrança de R$ 1,50 extras a cada 100 kWh (quilowatts-hora consumidos).

Na bandeira vermelha, será cobrada uma taxa extra de R$ 4,16 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.

A bandeira tarifária que vai vigorar em dezembro será divulgada pela Aneel no dia 29 de novembro.

Bandeiras

Criadas em 2015, as bandeiras sinalizam o custo real da energia. O funcionamento é simples: as cores indicam se a luz custará mais ou menos.

Bandeira verde: tarifa não tem acréscimo

Bandeira amarela: tarifa tem acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos

Bandeira vermelha 1: tarifa tem acréscimo de R$ 4,16 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos

Bandeira vermelha 2: tarifa tem acréscimo de R$ 6,24 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos


O que é o Renda Brasil: O guia completo sobre o novo Bolsa Família

Renda Brasil é o novo programa de renda básica do governo federal, que vem sendo anunciado pelo ministro Paulo Guedes, e deverá substituir o Bolsa Família

Há 20 horas atrás | Redação

Caminhão capota na BR-104 em São José da Laje

Só no primeiro semestre de 2020, cerca de 20 acidentes aconteceram no local, alguns deles com vitimas fatais.

Há 22 horas atrás | Redação

Cientistas recomendam lockdown em Maceió e desaprovam flexibilização de Rui

O Comitê Científico também recomenda a instalação de barreiras sanitárias, em todas as entradas de acesso à Capital alagoana

Há 1 dia atrás | Redação

IMA liberta mais de 500 pássaros e apreende 450 gaiolas em União e Murici

Na operação, foram soltos diversos animais ameaçados de extinção. Além disso, armas de fogo e multas foram aplicadas nos responsáveis

Há 1 dia atrás | Johny Lucena | BR104

Comitê Científico prevê surto de Covid-19 em União e mais 4 cidades de Alagoas

O Comitê também recomenda que seja decretado o lockdown na cidade de Maceió

Há 1 dia atrás | Redação

Thiago Paes fala sobre expectativa do CRB para o retorno da Copa do Nordeste

A competição será disputada em sede única, e o Galo jogará contra o Ceará em seu retorno ao futebol brasileiro

Há 1 dia atrás | Johny Lucena | BR104

SINTEAL sobre Renan Filho; “O que o governador tem a esconder?”

O texto trás uma série de acusações contra o governador de Alagoas, e expõe a luta de Renan contra a classe sindical no Estado.

Há 1 dia atrás | Redação

Poder público não é obrigado a fornecer máscaras à população, decide Bolsonaro

Para Bolsonaro, estados e municípios devem ter autonomia para determinar tais medidas em seus territórios.

Há 1 dia atrás | Redação

Motoristas do transporte intermunicipal vão “fechar” Alagoas em novo protesto

Segundo informações repassadas por representantes das associações, os motoristas planejam "fechar" todas as principais rodovias de acesso ao Estado.

Há 1 dia atrás | Redação

União dos Palmares tem 26 óbitos e 583 casos de Covid-19

Cerca de 433 pessoas não apresentam mais nenhum sintoma, e por tanto, são consideradas curadas da Covid-19.

Há 2 dias atrás | Redação