Caixa começa a liberar 3º fase do pagamento de R$ 500 do FGTS

O valor é creditado automaticamente nas contas poupanças individuais dos trabalhadores nascidos entre setembro e dezembro


Publicado em: 09/10/19 às 7:44 por Johny Lucena | BR104 | Atualizado em 09/10/2019 às 7:44



Caixa começa a liberar 3º fase do pagamento de R$ 500 do FGTS — © Fábio Gumas

Economia — A Caixa Econômica Federal inicia nesta quarta-feira (8) o pagamento do 3º lote do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o saque de R$ 500 liberado nesta fase é destinado para os nascidos nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro.

De acordo com a Caixa, será liberado cerca de R$ 5,1 bilhões para mais de 12 milhões de trabalhadores brasileiros. O saque é uma estratégia do governo para estimular a economia no país.

O valor de R$ 500 referente as contas ativas e inativas de cada trabalhador deve ser creditada automaticamente nas contas poupanças individuais na Caixa Econômica. Para aqueles que tem conta corrente individual, conjunta, fácil e poupança conjunta, o valor liberado só deve ser creditado nas respectivas contas caso o correntista autorize.

+ PL deve alterar medidas que facilitam o uso do FGTS para fins educacionais

Lembrando que o valor só deve ser depositado nas contas que foram abertas na Caixa até o dia 24 de julho deste ano. Ao trabalhadores que tem contas correntes ou conjuntas e pretendem autorizar o deposito automático após o prazo estabelecido pela Caixa o valor será liberado 20 dias depois do pedido.

Os trabalhadores que ainda estão confusos em relação aos pagamentos, o valor de R$ 500 não é associado ao saque-aniversário, que libera o valor apenas na data de aniversário e que só começa o pagamento em abril do próximo ano.

A Caixa segue o mesmo cronograma de pagamento da fase anterior liberando a verba primeiramente para aqueles que tem conta no banco, em seguida o valor será liberado para aqueles que não são correntistas.