Policial

Pescador que obrigou adolescente a cavar a própria cova antes de matá-lo é preso após 24 anos

O adolescente foi morto a tiros de espingarda e enterrado em uma cova rasa em um matagal em uma fazenda privada em Porto Calvo

Publicado:


Preso por homicídio - @Reprodução
Preso por homicídio - @Reprodução

A Polícia Civil de Alagoas efetuou a prisão, na última quarta-feira (21), de um homem de 58 anos foragido da justiça por quase 25 anos. Acusado de um homicídio cometido em 2000, quando confessou ter assassinado um adolescente de 15 anos em Maceió, o indivíduo foi capturado na cidade de Barreiros, Pernambuco, após intensas investigações conduzidas pelo Núcleo de Investigação Policial (NIESP), sob a coordenação do delegado Daniel Mayer.

A identidade do acusado, um pescador de profissão, está mantida em sigilo pelas autoridades. As investigações que levaram à sua localização duraram mais de dois meses, revelando o paradeiro do homem que vivia escondido desde sua fuga após uma breve custódia de seis meses pós-confissão.

O crime, de natureza cruel, envolveu a vítima – um menino de rua – sendo forçado a cavar sua própria cova antes de ser morto a tiros de espingarda e enterrado em uma cova rasa em um matagal em uma fazenda privada em Porto Calvo. Segundo relatos da época, o homicídio ocorreu durante uma bebedeira, em que o acusado, a vítima e um comparsa iniciaram uma discussão que terminou em tragédia.

Após o assassinato, o acusado fugiu para Paripueira, onde permaneceu escondido até sua prisão em 2000. Na ocasião, ele afirmou que uma mulher, alegando ser mãe do menino, o identificou como o responsável pelo desaparecimento da vítima. A polícia foi alertada sobre sua localização após ele fazer comentários sobre o crime, que foram ouvidos pelo chefe do Setor de Operações na época.

Com o mandado de prisão por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver cumprido, o homem foi encaminhado para a 92ª Delegacia de Polícia (92ªDP) de Maragogi para a audiência de custódia.

“Estou preso, mas minha consciência se encontra tranquila, visto que agora posso dormir sem lembrar do que fiz”, declarou o acusado após sua prisão inicial em 2000.

Assuntos

Porto Calvo

Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Policial após errar endereço - @Reprodução
Brasil
Policiais com mandado invadem casa errada e apontam arma para moradora

Em meio à confusão, os moradores questionaram os policiais sobre o nome do alvo do mandado. Ao ser revelado, rapidamente percebeu-se que se tratava de um erro de endereço.


Drogas sob a viatura - @Reprodução
Policial
Cocaína no cemitério, maconha no colchão e homem preso em União dos Palmares

Após a confissão, o suspeito foi detido e levado à Delegacia Regional de União dos Palmares para registro da ocorrência e início dos procedimentos legais cabíveis.


Neguinho da Vaquejada - @Reprodução
Policial
Neguinho da Vaquejada usou adolescente como escudo humano antes de morrer

Ele, contudo, liberou a adolescente antes de iniciar uma troca de tiros com os policiais



Psicologa morta - @Reprodução
Brasil
Filho deixa corpo da mãe na porta da casa dos pais dela

Sem chamar o SAMU ou levar a mãe a um hospital, ele apenas a colocou dentro do carro e a levou para a calçada da casa dos avós