publicidade
publicidade
Meio Ambiente

BPA apreende armas e pássaros silvestres durante ação conjunta em Alagoas

Seis pessoas foram presas por porte ou posse ilegal de arma de fogo. Ação ocorreu entre os dias 20 e 30 de dezembro de 2020, na APA de Murici.

Publicado: | Atualizado em 05/01/2021 17:13


Material apreendido durante operação conjunta em áreas de proteção ambiental — © Cortesia
Material apreendido durante operação conjunta em áreas de proteção ambiental — © Cortesia

Durante a 11ª etapa da Operação Curupira, coordenada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), foram apreendidos 14 espingardas e 183 pássaros silvestres que estavam sendo mantidos em cativeiro. Seis pessoas foram presas por porte ou posse ilegal de arma de fogo.

A ação de fiscalização contou com o apoio do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) e do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e ocorreu entre os dias 20 e 30 de dezembro de 2020, com o intuito de coibir a caça e o tráfico de animais silvestres, além da preservação da natureza.

De acordo com o ICMBio, o material foi apreendido na região que compreende a Estação Ecológica de Murici e na Área de Proteção Ambiental (APA) do município, que engloba também as cidades de Flexeiras, Joaquim Gomes, União dos Palmares e Ibateguara.

A 11ª etapa da Operação Curupira também resultou na aplicação de R$ 91 mil em multas, no embargo de uma serraria por falta de licenciamento ambiental e na apreensão de cinco metros cúbicos de madeira nativa, como das espécies Sucupira e a Sambacuim.

Também foram apreendidos pelas equipes 10 armadilhas de caça, 14 tatuzeiras, sete animais abatidos (sendo quatro tatus, dois teiús e uma paca) e 22 rabos de tatu. Foram apreendidos ainda duas motocicletas, um automóvel e 36 bombinhas de maconha.

Operação Curupira

O nome da operação tem relação direta com a figura lendária do folclore brasileiro de um menino de cabelos compridos e vermelhos, cuja característica principal são os pés virados para trás, que além de ser o protetor das florestas, castiga aqueles que tentam fazer mal à fauna e flora.

Serraria foi embargada por falta de licenciamento ambiental — © Cortesia

Serraria foi embargada por falta de licenciamento ambiental — © Cortesia

veja também

Projeto
Meio Ambiente
Viveiro de mudas une educação ambiental e empreendedorismo em assentamento alagoano

A experiência une educação, preservação ambiental e empreendedorismo para jovens e crianças do assentamento Santa Cruz do Riachão, do município de Matriz de Camaragibe.


Alunos realizaram o plantio de mudas de espécies nativas da flora local | © PMAL
Meio Ambiente
Alunos de escola em Atalaia participam de atividades alusivas ao Dia da Árvore no BPA

Durante a ação, foram ministradas aulas sobre a fauna e a flora e foi promovido o plantio de mudas de árvores nativas.


Jornalista Genisete Lucena e Marcos Diniz, Técnico de Gerência de Fauna do IMA | © BR104
Meio Ambiente
Vídeo: Expedição do BR104 mostra impacto da devastação da Serra do Frios

O objetivo do documentário é apresentar o tamanho da devastação que tem sido feita no espaço ao longo dos anos, assim como as causas, e propor possíveis soluções para o problema.


Jiboia retorna para o semiárido — © Ascom IMA
Meio Ambiente
Dia da Caatinga: IMA de Alagoas celebra data com soltura de animais

As espécies foram levadas ao sertão do Estado após receberem cuidados no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas).


Flagrante de civis armados só foi possível com suporte do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) — © Assessoria
Meio Ambiente
IMA resgata animais em operações conjuntas da Mata Atlântica à Caatinga

Cooperação com Ibama, ICMBio e BPA resultou no atendimento de 19 cidades no interior de Alagoas.