Maceió

Prefeito JHC vistoria obra do Renasce Salgadinho e destaca importância para o meio ambiente

Já foram executados 70% dos serviços e esta é a maior obra ambiental da história de Maceió

Publicado:


Prefeito JHC com a moradora Neuriland de Moraes que mora na região das Águas Férreas | © Itawi Albuquerque / Secom Maceió
Prefeito JHC com a moradora Neuriland de Moraes que mora na região das Águas Férreas | © Itawi Albuquerque / Secom Maceió

As obras do Renasce Salgadinho seguem avançando. Esta é a maior obra ambiental de Maceió e vai garantir a requalificação do Riacho Salgadinho, que teve suas características mudadas devido à urbanização da capital. O objetivo é desassorear o riacho e reurbanizar toda a área. O prefeito de Maceió, JHC, vistoriou a obra nesta quarta-feira (21) e destacou a importância das intervenções para o meio ambiente.

“A gente começa a cuidar definitivamente do nosso meio ambiente, da pauta climática e dessa crise global que estamos passando e a poluição é desenfreada e precisamos a cuidar tanto da poluição do ar quanto da poluição das nossas águas, da contaminação do nosso solo. O Renasce Salgadinho era um projeto muito esperado, aguardado e sem alarde e sem floreios, tiramos essa obra do papel e está aqui sendo materializada”, explicou.

Para JHC, a obra é um divisor de águas. “Essa obra será um divisor de águas, literalmente, para a nossa cidade e a gente tem a alegria de estar aqui já apresentando todos os avanços para vocês”, disse JHC, que esteve nas cinco estações, de Cruz das Almas ao Vale do Reginaldo.

Atualmente estão sendo executados serviços na Praia da Avenida, que é o paisagismo, início da construção do estacionamento e rampas de acessibilidade. No Pau D’Arco, no Vale do Reginaldo, está sendo executada a lagoa filtrante. Já no Riacho Águas Férreas, em Cruz da Almas estão sendo feitas a urbanização e estação elevatória, assim como no Riacho do Sapo e Riacho Gulandi.

Ao total são cinco estações elevatórias e oito barreiras de contenção de detritos construídas. O esgoto que, atualmente, escorre sem limites nestes cursos de água e contamina o mar vai ser direcionado ao Emissário Submarino, por meio de tubulações que já foram implantadas.

“Era muito mau cheiro” – Neuriland de Moraes mora perto do Riacho de Águas Férreas, em Cruz das Almas, há 55 anos, e relembrou como o local era quando ela chegou para morar. Neuriland faz parte dos mais de 300 mil maceioenses que serão beneficiados com a obra.

“Eu sofria muito com o mau cheiro e com a lama. Moro aqui há 55 anos e nunca vi essa obra sendo feita. Quando cheguei para morar aqui dava pra tomar banho e depois veio esse esgoto e a gente sofria muito com o mau cheiro, muitos prometiam, mas não cumpriam, então essa obra é um sonho realizado”, contou a moradora.

Avanços da obra – Já foram implantados mais de 8.035,85 metros de rede de esgotamento sanitário, que irão receber os resíduos que antes chegavam de maneira clandestina no Riacho Salgadinho e seus afluentes, e com a conclusão da obra, serão conduzidos para o emissário submarino.

Nas margens do riacho, foram colocadas mais de 890 colunas DSM, cada uma com 80 centímetros de diâmetro. Essas colunas têm o objetivo de reforçar as paredes existentes, evitar erosões e infiltrações que acabam provocando desníveis nas vias laterais.

Na Praia da Avenida, o trecho que vai desde o Emissário submarino, no Prado, até o Memorial à República, no bairro Jaraguá, também faz parte do projeto e já recebeu reurbanização.

No total, 37.196 m² de área serão revitalizados. As intervenções contemplam reparos estruturais no calçadão, ciclovia, equipamentos esportivos, recuperação dos bancos, paisagismo e outros serviços.

Mais de 60% da ciclovia e também do calçadão, já foram executados, garantindo assim, melhor acessibilidade, para quem transita na região. Além disso, mais de 8.161,59 m² já foram concretados.

Paralelo às atividades de infraestrutura, a equipe socioambiental realiza ações dentro das comunidades de influência da obra, junto com crianças e a população de maneira em geral, para destacar e ensinar, por meio de atividades lúdicas, palestras, dinâmicas, a importância de cuidar do meio ambiente.

Mais de 400 imóveis e mais de 1400 crianças beneficiadas com as ações.

*Com Ascom Maceió

Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Jacaré foi resgatado pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) | @ Reprodução
Maceió
Jacaré aparece em bairro de Maceió após fortes chuvas

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) foi acionado por populares para realizar o resgate do réptil.


Revólver | @ Imagem ilustrativa
Maceió
Casal de adolescentes é atingido por disparo acidental após encontrar arma

Arma pertence ao padrasto da menina, que é Atirador Desportivo e Caçador (CAC).


Jogo de cartas | @ Imagem ilustrativa
Maceió
Homem é assassinado após discussão por jogo de cartas em Maceió

A vítima não não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo do Serviço de Atendimento Móvel (Samu) chegar para o socorro.


Lula participa da entrega de 914 unidades habitacionais | @ Palácio Planalto
Maceió
Lula entrega unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida, em Maceió

As casas entregues fazem parte do Residencial Parque da Lagoa, que conta com 1.776 apartamentos que irão beneficiar mais de 7 mil moradores da região.


Presidente Lula em São José da Tapera nesta quinta-feira (9/5) | @ Ailton Cruz
Maceió
Presidente Lula participa da entrega de 914 unidades habitacionais em Maceió nesta sexta

A entrega acontecerá na Avenida Senador Rui Palmeira, Ponta Grossa, às 10h.