Maceió

Mulheres ocuparam mais da metade dos empregos gerados na capital alagoana em 2023

Dados divulgados pelo IBGE revelam o compromisso da gestão JHC com uma política voltada para as maceioenses

Publicado:


m 2023, mais da metade dos empregos em Maceió foram ocupados por mulheres. Foto: Alisson Frazão/Secom Maceió
m 2023, mais da metade dos empregos em Maceió foram ocupados por mulheres. Foto: Alisson Frazão/Secom Maceió

Elas são a bola da vez. Em 2023, mais da metade dos postos de trabalho criados em Maceió foram ocupados pelas mulheres. O número representa 50,28% das 13.561 carteiras assinadas na capital alagoana, superando a média nacional de 43,33%. Os dados são do último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ainda segundo a pesquisa, Maceió também foi responsável pela maioria dos empregos criados no estado (quase 60%), revelando o protagonismo da capital no desenvolvimento de Alagoas. O resultado é fruto da política de equidade, inclusão e cidadania da gestão JHC, que vem priorizando pautas como a da mulher.

Cerca de 10% das vagas de empregos oferecidas pela Prefeitura de Maceió, através do Sine Maceió, são reservadas para as mulheres vítimas de violência. Outras iniciativas pioneiras voltadas para a população feminina, criadas na atual gestão, é o Emprega Mulher, que já formou 800 maceioenses com uma nova profissão, e o Banco da Mulher Empreendedora, que financiou outras 800 mulheres com crédito social entre R$ 1.200 e R$ 3.600 para abrirem o próprio negócio.

Para o prefeito de Maceió, JHC, todas essas ações permitiram a transformação de vida que muitas delas precisavam para ter mais dignidade, independência financeira ou sair de relações abusivas. Ele afirmou ainda ser recompensador vê-las sendo, finalmente, maioria nos novos postos de trabalho criados em Maceió, cujo espaço historicamente era dominado por homens.

“Nossa gestão sempre priorizou a pauta das mulheres com políticas públicas que promovessem o empreendedorismo, a capacitação profissional e a inclusão da população feminina no mercado de trabalho. Fico muito feliz quando muitas beneficiadas com nossos programas chegam para contar que conseguiram resgatar a autoestima e a liberdade financeira que tanto sonharam e isso, pra mim, não tem preço”, comemorou.

*Com Ascom Maceió

Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Laura Lima relatou o ocorrido em seu perfil no Instagram | @ Reprodução
Maceió
Mãe de autista diz que filho foi impedido de brincar com o pai em espaço de brinquedos de shopping

Segundo Laura Lima, uma funcionária não entendeu a necessidade do seu filho de brincar com o pai para conseguir socializar e se divertir.



Cemitério Nossa Senhora da Piedade, no bairro do Prado — © Ascom Sudes
Maceió
Sem vagas em cemitério, Maceió tem 120 corpos acumulados no IML

Segundo a promotora de Justiça, Karla Padilha, a imensa maioria dos corpos são de indigentes


Barra de ferro atingiu ombro de mulher em Maceió | @ Reprodução
Maceió
Mulher é ferida após barra de ferro se soltar de um prédio em construção, em Maceió

Segundo informações, a vítima estava passando pela calçada no momento em que o objeto caiu sobre ela.


Navio-Veleiro Cisne Branco | @ Marinha do Brasil
Maceió
Navio-Veleiro ‘Cisne Branco’ está aberto à visitação no Porto de Maceió

As visitas podem ser feitas das 12h às 17h deste sábado (16), e das 10h às 17h deste domingo (17).