Anda de Uber? Motorista pode ter que lhe pagar R$ 51,95 se cancelar corrida

Criado pelo senador Acir Gurgacz (PDT-RO), a proposta tem como objetivo proteger ambas as partes envolvidas nesta prestação de serviços.

Publicado em: 14/01/20 às 12:00 | Atualizado em 15/01/2020 08:39
Por Redação


Você é daqueles que trocaram o bom e velho taxi pelo Uber, ou serviço de transporte por aplicativo similar?

Um Projeto de Lei (PL 6.476/2019), propõe conceder direitos inéditos aos passageiros que se utilizam desse serviço, e aos motoristas, que prestam serviços para este tipo de aplicativo de transporte.

Criado pelo senador Acir Gurgacz (PDT-RO), o PL tem como objetivo proteger ambas as partes envolvidas nesta prestação de serviços.

Se por um lado existe o passageiro entrando no carro de um estranho, munido apenas de informações simples como a placa, modelo do veículo e nome do motorista, do outro lado, existe o próprio motorista conduzindo alguém que não conhece, e que as informações que recebe do aplicativo sobre e ele podem não ser necessariamente reais.

Com base nisso, o senador propôs:

Aos motoristas

O PL prevê que as empresas, como a Uber, por exemplo, rastreie as rotas por onde o motorista deva seguir, para que em caso de um desvio não programado, as autoridades possam ser alertadas e que tomem medidas para a proteção da vida do motorista, entendendo que ele possa estar sob algum perigo, como sequestro por exemplo.

Essa medida também servirá para proteger algum passageiro, caso o motorista seja o agressor.

Além disso, a empresa de aplicativo ficará obrigada a contratar um seguro para garantir o ressarcimento de prejuízos ao dono do veículo, causados por furto ou roubo.

+ Mulher dá à luz dentro de Uber e bebê é batizado com nome de bombeiro

Aos Passageiros

Já para o passageiro, a proposta prevê o recebimento de multas que serão aplicadas aos motoristas, caso ele cancele voluntariamente uma viagem que já havia aceitado.

Caso isso aconteça, o passageiro que se sentir prejudicado poderá receber do motorista o equivalente a 5% do salário mínimo em vigor, o que corresponde hoje a R$ 51,95.

Existem sanções também para o caso do motorista se atrasar. Para este caso especificamente, o motorista pagará multa de 1% do salário mínimo, o equivalente hoje a R$ 10,39.


Em União dos Palmares, protesto pede derrubada de veto dos precatórios do Fundef

Trecho vetado por Bolsonaro previa o pagamento de precatórios oriundos da cobrança de repasses referentes à complementação da União aos estados e municípios por causa do Fundeb.

Há 6 minutos atrás | Gustavo Lopes | BR104

CRB vence o Juventude por 1 a 0 mas está fora da Copa do Brasil

Mesmo obtendo um resultado favorável, o CRB foi eliminado e perdeu a chance de entrar pela primeira vez nas oitavas de final da competição

Há 21 minutos atrás | Johny Lucena | BR104

Após discurso de Janones por auxílio de R$600, presidente da Câmara da gargalhada

No momento em que o deputado conclui sua fala, é possível ouvir a voz do presidente interino da Câmara dando risada, supostamente do discurso feito por Janones.

Há 6 horas atrás | Redação

Ministra Cármen Lúcia está com Covid-19

A ministra não apresenta sintomas graves da doença, apenas febre.

Há 7 horas atrás | Redação

Impasse termina e funcionários dos Correios voltam ao trabalho

Fim da greve foi decidida por todos os 31 sindicatos do país nessa terça-feira (22). Estatal afirma que 92,7% dos trabalhadores já voltaram aos postos.

Há 8 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Prefeito muda nome de candidata em Ibateguara para induzir eleitor

O objetivo da mudança é atrelar o nome do prefeito ao da candidata, dando a impressão ao eleitor, que votar na candidata é a mesma coisa que votar no prefeito.

Há 8 horas atrás | Paulo Martins

Aprovados por último no auxílio emergencial não terão todas as parcelas de R$ 300

Com o prazo final estimado para dezembro, alguns beneficiários ficarão sem receber todas às quatro parcelas do beneficio

Há 22 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Ministério da Saúde aprova retorno de 30% da torcida de clubes nos estádios de futebol

Desde o início da pandemia foi proibido a entrada da torcida de clubes nos estádios do Brasil

Há 1 dia atrás | Johny Lucena | BR104

Mulher que matou marido com facada em Murici agiu em legítima defesa, diz PC

As investigações concluíram que o crime aconteceu em legítima defesa. Crime aconteceu no dia 6 de setembro.

Há 1 dia atrás | Gustavo Lopes | BR104

Por que o prefeito Areski Freitas quer R$4,5 milhões às vésperas das eleições

Os parlamentares que votam por rejeitar o pedido, não conseguem enxergar uma justifica plausível para que o valor seja aprovado às vésperas das eleições.

Há 1 dia atrás | Redação