Segundo ATA, Luciano Barbosa cumpriu estatuto do MDB e poderá ser candidato

Em duas das ATAs, evidencia-se que o diretório municipal procurou seguir todas as diretrizes estatutárias

Publicado em: 26/09/20 às 10:34 | Atualizado em 28/09/2020 09:34
Por Paulo Martins


Vice governador de Alagoas Luciano Barbosa — © Reprodução
Vice governador de Alagoas Luciano Barbosa — © Reprodução

O BR104 teve acesso as três ATAs do MDB de Arapiraca, entregues a justiça eleitoral e que virou motivo de briga judicial entre o diretório municipal e o diretório estadual na pessoa de seu presidente, o senador Renan Calheiros.

Em duas das ATAs, evidencia-se que o diretório municipal procurou seguir todas as diretrizes estatutárias, transferindo aos convencionais o poder democrático de escolher quais os representantes do partido nas eleições de 15 de Novembro.

Entretanto, Renan Calheiros, presidente do diretório estadual, teria atropelado o próprio estatuto do partido, e praticamente determinou os nomes a compor a chapa majoritária, desconsiderando inclusive a vontade da maioria dos filiados locais.

– Aos 16 dias do mês de Setembro de 2020, às 14:00hs, iniciou-se a convenção partidária do MDB de Arapiraca a fim de deliberar, por meio de seus convencionais, sobre a escolha de candidatos majoritários e proporcionais, nos moldes da resolução da Comissão Executiva Estadual, ratificada pelo órgão diretivo nacional, a qual comunicou ao Diretório Municipal do MDB Arapiraca, que: A ESCOLHA DOS CANDIDATOS ÀS ELEIÇÕES MAJORITÁRIAS, ESPECIFICAMENTE, DE PREFEITO, DEVERÁ SER FEITA ENTRE: DEPUTADO ESTADUAL RICARDO NEZINHO E DANIEL BARBOSA. – Diz a ATA denominada pelo diretório estadual como ATA GERAL.

A chamada ATA GERAL, tem sua validade questionada por não expressar a vontade da maioria presente, deixando explicito a imposição do presidente estadual do partido, Renan Calheiros.

Apesar de ter feito uma convenção no dia 15, na qual já teria escolhido o nome de Luciano Barbosa para concorrer ao cargo de prefeito, o diretório municipal do MDB obedeceu ao edital publicado pelo diretório estadual, e compareceu novamente na cede do partido.

Mais uma vez, a maioria dos convencionais decidiu por manter Luciano Barbosa como candidato a prefeito. Na ocasião também foi exposto aos presentes o flagrante desrespeito do diretório estadual bem como do presidente nacional do partido, ao próprio estatuto do MDB.

– Considerando que a resolução da comissão executiva estadual limitou aos convencionais a escolha do cargo de prefeito entre os filiados: deputado estadual Ricardo Nezinho e Daniel Barbosa, os quais sequer registraram previamente seus nomes na forma do art. 2º, § 1º, da resolução nº 01/2020 – eleições municipais, da comissão executiva nacional do MDB, conforme certidão exarada pelo secretário-geral do diretório municipal, datada de 15/09/2020; considerando que diante das irregularidades e violações estatutárias acima apontadas revelam flagrante desrespeito ao princípio da autonomia partidária pelos órgãos superiores, que estão a limitar o livre e soberano direito dos convencionais locais no processo de escolha de candidatos, bem como poderão impedir o registro de candidaturas majoritárias e proporcionais pelos filiados do MDB… – Disse o filiado ao MDB Fernando Farias, que submeteu questão de ordem aprovada pelos convencionais.

A ATA em que foi ratificada a candidatura do vice-governador Luciano Barbosa como candidato a prefeito de Arapiraca foi assinada por todos os pré-candidatos a vereadores entre outros filiados ao MDB, ao passo que a ATA feita pelo diretório Estadual não contou com nenhuma assinatura de filiados do MDB em Arapiraca, o que deixa claro o teor intervencionista da mesma.

Leia as Atas.

Ata 01

Ata 02

Vice-governador Luciano Barbosa — © Reprodução

Vice-governador Luciano Barbosa — © Reprodução


Branquinha e mais quatro cidades são alvo de ação por não aderirem à Lei Aldir Blanc

Apesar de adesão não ser obrigatória, defensoria alega omissão; municípios dizem não ter artistas elegíveis ao auxílio.

Há 28 segundos atrás | Gustavo Lopes | BR104

Em Branquinha, Renildo muda discurso, Albir não faz campanha e Neno Freitas arrasta multidões.

Fizemos uma breve análise das atividades dos candidatos a prefeito de Branquinha, levando em conta as redes sociais dos candidatos e traçamos um perfil da campanha até aqui.

Há 1 minuto atrás | Paulo Martins

Família do prefeito de Messias doa mais de R$ 70 mil para campanha de Adelmo Júnior

O candidato que defende a continuidade da atual gestão, já recebeu mais de R$121 mil reais, destes, apenas 41% vieram como doação de partido eleitoral.

Há 11 minutos atrás | Paulo Martins

Durante operação, IMA recupera animais silvestres de caçadores no interior de Alagoas

Um homem foi detido por porte ilegal de arma de fogo, abate de animais silvestres e criação de pássaros

Há 2 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Sargento Nininho tem candidatura garantida pela Justiça Eleitoral em São Jose da Laje

O Juiz eleitoral, doutor José Alberto Ramos, deferiu o pedido de registro de candidatura de Nininho

Há 2 horas atrás | Redação

50 anos do Estádio Rei Pelé; confira fotos históricas

O estádio Rei Pelé, em Maceió, foi inaugurado em 1970 e comemorou seus 50 anos nesse domingo (25//10)

Há 3 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Homem é preso suspeito de agredir e arrastar cachorro amarrado a moto; veja vídeo

Animal foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros e levado a veterinário para receber os cuidados necessários, mas morreu horas depois.

Há 3 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

PF utilizará drones no combate a crimes eleitorais durante o pleito de 2020

Os equipamentos são de alta tecnologia e serão utilizados no combate a boca de urna e transporte irregular de eleitores

Há 4 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Dilema: Todos os alunos serão aprovados? Renan Filho responde

No último dia 6 de outubro, o Conselho Nacional de Educação (CNE) recomendou que escolas públicas e privadas evitem a reprovação dos alunos.

Há 6 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Bolsa Família: Caixa paga hoje auxílio de R$ 300 para novo grupo; confira

Beneficiárias mulheres chefes de família continuam tendo direito ao dobro do valor do benefício, totalizando R$ 600

Há 7 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104