Educação

“Programa Pé de Meia” vai pagar até R$ 9,2 mil a alunos do ensino médio

O "Programa Pé de Meia" é projetado para beneficiar aproximadamente 2,5 milhões de estudantes de escolas públicas

Publicado: | Atualizado em 08/02/2024 10:52


Estudantes da rede estadual participam de concurso de redação da Esmal
Estudantes da rede estadual participam de concurso de redação da Esmal

O Ministério da Educação (MEC) anunciou detalhes importantes sobre o “Programa Pé de Meia”, uma iniciativa do governo federal destinada a apoiar financeiramente estudantes do ensino médio. O programa visa oferecer até R$ 9,2 mil em benefícios para aqueles que completarem essa etapa educacional, incluindo um bônus adicional para participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Esta novidade foi oficializada por meio de duas portarias publicadas no Diário Oficial da União em 8 de fevereiro.

O “Programa Pé de Meia” é projetado para beneficiar aproximadamente 2,5 milhões de estudantes de escolas públicas, incluindo aqueles matriculados no programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), desde que tenham entre 14 e 24 anos e sejam membros de famílias registradas no Cadastro Único (CadÚnico). Uma atenção especial será dada aos estudantes provenientes de famílias beneficiárias do Bolsa Família, embora os alunos de famílias unipessoais cadastradas neste programa não sejam elegíveis.

Para determinar os beneficiários, o MEC realizará uma seleção com base nos dados enviados pelas escolas, cruzando informações com o CadÚnico e, em seguida, providenciando a abertura de contas bancárias para os alunos selecionados. A inscrição no CadÚnico e a posse de um CPF válido são requisitos fundamentais para participação. As escolas têm até o dia 8 de março de 2024 para enviar as informações dos estudantes, com o MEC agendando uma análise dos dados do CadÚnico em 10 de fevereiro de 2024.

Quais os valores?
O MEC informou que o benefício será pago por etapas, da seguinte forma:

  • incentivo para matrícula, no valor anual de R$ 200;
  • incentivo de frequência, no valor anual de R$ 1.800;
  • incentivo para conclusão do ano, no valor anual de R$ 1.000;
  • incentivo para o Enem, em parcela única de R$ 200.

O calendário de pagamentos detalha os períodos para o depósito dos diferentes incentivos, começando com o incentivo de matrícula entre 26 de março e 7 de abril. Os pagamentos dos incentivos de frequência serão realizados em parcelas ao longo do ano, com datas específicas estabelecidas para cada uma.


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Enem | © Reprodução
Educação
Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

As provas estão previstas para os dias 3 e 10 de novembro.


Escolas se mobilizaram para ajudar alunos a efetuarem suas inscrições | Fotos: Ana Paula Lins/Ascom Seduc
Educação
Alagoas supera meta de inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio

São 30.290 estudantes inscritos no exame, número 32,5% superior ao de 2023.


Enem | © Reprodução
Educação
Enem 2024: pagamento da taxa de inscrição vai até quarta-feira (19)

O prazo das inscrições encerrou na última sexta-feira (14) após ter sido adiado por uma semana.


Enem | © Reprodução
Educação
Inscrições para o Enem 2024 terminam hoje

As solicitações de atendimento especializado e tratamento por nome social também vão até hoje.


Página do Participante — Estadão Conteúdo
Educação
Enem 2024: estudantes têm até esta sexta-feira para se inscrever

As provas estão previstas para acontecer nos dias 3 e 10 de novembro.