Novos documentos comprovam “rombo” milionário no SAAE de União dos Palmares

O BR104 teve acesso a documentos do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que atestam incoerência nos valores publicados no Portal da Transparência da autarquia


Publicado em: 10/09/19 às 3:51 por Redação | Atualizado em 11/09/2019 às 2:10



SAAE de União dos Palmares

No fim da tarde desta segunda feira (09), foi publicada uma nota no site oficial do SAAE, contestando os números apresentados na matéria intitulada “SAAE de União dos Palmares tem rombo de quase R$ 6 Milhões”, publicada pelo BR104.

Segundo a nota, os valores da ordem de quase R$ 6 milhões de reais, citados pelo BR104 como déficit, não representam a verdade.

Diz também que o site foi infeliz ao classificar como “rombo”, os valores publicados na matéria jornalística.

A nota expõe ainda alguns números no que o SAAE classificou como “balancete financeiro”, e tenta de forma amadora e improvisada, apresentar números que contestem os dados apresentados pelo portal BR104.

Diante disso, e com amplo interesse em publicar apenas a verdade, vamos aos fatos:

O BR104 publicou a matéria com base única e exclusivamente nos números apresentados no Portal da Transparência do próprio SAAE. São números públicos que estão e sempre estiveram disponíveis no site da autarquia.

Basta uma rápida consulta para que todos os números publicados pelo site sejam confirmados no portal da transparência.

Senão, vejamos:

O BR104 disse que em 2017, sob a gestão do diretor Wellington Ferreira, o SAAE arrecadou R$ 8.073.642,37.

O mesmo número está no portal da transparência.

O BR104 também disse que em 2017, o SAAE pagou despesas no total de R$ 8.459.504,43.

Os mesmos dados estão no portal da transparência.

Já em 2018, o SAAE teve uma receita na ordem de R$ 9.392.280,15 e uma despesa de R$ 13.538.031,83.

Receita no ano de 2018

Despesas no ano de 2018

Já no primeiro semestre de 2019, o BR104 apontou que o SAAE arrecadou 3.104.816,43 e gastou 4.488.861,31.

Os mesmos valores estão no portal da transparência.

Receita no ano de 2019

Despesas no ano de 2019

 

Dito isso, é preciso levar em conta que a nota publicada pelo SAAE, em nenhum momento cita que o BR104 se baseou nos dados oficiais do portal da transparência da própria autarquia.

A nota do SAAE sequer usa os dados do próprio portal da transparência deles, como parâmetro para a divulgação dos números que divulgaram, como sendo superávit .

Para contestar os números divulgados pelo BR104, o SAAE disse que:

“O Balancete Financeiro de Dezembro de 2017 apresenta uma Receita Orçamentária de R$ 9.229.008,22, uma despesa Orçamentária de R$ 9.199.121,84, portanto em 2017 fechou com um saldo positivo de R$ 29.886,38.”

“O Balancete Financeiro de Dezembro de 2018 apresenta uma Receita Orçamentária de R$ 10.479.192,35, uma despesa Orçamentária de R$ 10.405.935,78, portanto em 2018 fechou com um saldo positivo de R$ 73.256,57.”

“O Balancete Financeiro de Junho de 2019 apresenta uma Receita Orçamentária de R$ 5.277.443,28 uma despesa Orçamentária de R$ 5.119.447,64, portanto fechou em um saldo positivo de R$ 157.995,64.”

Observe que os dados “oficiais” foram colocados no texto de forma quase que aleatória.

O BR104 teve acesso a documentos oficiais do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AL) que mostram que, sim, existe um rombo no SAAE de União dos Palmares.

O Balanço Orçamentário de 2017, publicado no site do TCE, mostra que em 2017 o SAAE de União dos Palmares teve um déficit de R$ 412.543,58, bem diferente do que disse a nota da autarquia, alegando ter obtido lucro naquele ano  de quase trinta mil reais.

Portanto, em 2017, primeiro ano de Wellington Ferreira à frente do SAAE, as contas fecharam no vermelho, com prejuízo de mais de R$ 400 mil reais.

Clique aqui para baixar o documento

Já em 2018, também conforme documento oficial do Tribunal de Contas do Estado, o SAAE teve um prejuízo de R$ 1.016.229,68.

Veja que os números não refletem em nada, os mais de R$ 70 mil que o SAAE alega ter tido de superavit naquele ano.

Clique aqui para baixar o documento

Em 2019, o SAAE ainda não prestou contas ao TCE, o que só deverá fazer em dezembro.

No entanto, se compararmos os números do TCE com os números do Portal da Transparência, também veremos que os dados não batem e, por alguma razão, a direção do SAAE tem publicado números incoerentes no Portal da Transparência.

Depois que a matéria do BR104 foi ao ar, a Câmara de Vereadores de União dos Palmares criou uma comissão para investigar o caso.