Economia

Como mudanças no Imposto de Renda em 2024 afetam os bolsos dos brasileiros

Veja o que muda

Publicado:


Imposto de Renda — © Reprodução
Imposto de Renda — © Reprodução

À medida que entramos em 2024, brasileiros de todo o país devem se preparar para uma série de mudanças no cenário tributário. O ano traz consigo novas regras de incidência, o término de isenções e um aumento nas alíquotas de diversos impostos tanto a nível federal quanto estadual, impactando significativamente os contribuintes.

Atualizações Federais e Estaduais:

  1. Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF): Novas regras incluem a incidência do IRPF sobre offshores e fundos exclusivos, além da reoneração de diesel, biodiesel e gás de cozinha com PIS e Cofins. Há também a possibilidade de cobrança do Imposto de Importação sobre compras online abaixo de US$ 50 de varejistas estrangeiros​​.
  2. Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS): Haverá aumento na alíquota do ICMS em pelo menos nove estados, além de alterações na alíquota que incide sobre combustíveis a partir de fevereiro. Estas mudanças refletem a necessidade dos estados de recompor receitas perdidas​​.
  3. Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD): A reforma tributária traz alterações no ITCMD, permitindo a cobrança também sobre veículos aéreos e aquáticos e tornando sua alíquota progressiva​​.

Alterações Específicas em Fundos e Offshores:

  • Fundos Exclusivos: A partir de 2024, os rendimentos em fundos de longo prazo serão tributados em 15%, enquanto fundos de curto prazo terão uma alíquota de 20%. Os valores serão recolhidos semestralmente pelo sistema de “come-cotas”​​.
  • Investimentos em Offshores: A alíquota anual será de 15% sobre rendimentos a partir de 2024, aplicando-se mesmo se o dinheiro permanecer no exterior. O recolhimento será antecipado, seguindo as regras dos fundos exclusivos​​.

Impacto nas Empresas:

Empresas que recebem incentivos de ICMS não terão mais desconto no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e na Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL). Além disso, mudanças nas regras do Juros sobre Capital Próprio (JCP) limitarão o uso desse mecanismo para reduzir a base de tributação federal​​.

Novidades em IPVA e ITCMD:

A reforma tributária permite aos estados cobrar IPVA de proprietários de aeronaves e embarcações a partir de 2024, dependendo de cada administração estadual. O ITCMD agora terá alíquota progressiva, incidindo também sobre residentes no exterior​​.

Retorno da Cobrança de PIS e Cofins sobre Combustíveis:

Após a isenção desde 2022, PIS e Cofins sobre diesel e biodiesel serão reonerados a partir de 1º de janeiro de 2024. A reoneração resultará em um aumento de R$ 0,33 por litro.


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Carteira de trabalho - @Reprodução
Economia
Calendário FGTS 2024: Confira as datas de pagamento do saque-aniversário

Os valores do saque variam conforme o saldo, com percentuais decrescentes à medida que o saldo aumenta, acrescidos de uma parcela adicional fixa.


São José da Laje | © Reprodução
Economia
São José da Laje passa a receber royalties da mineração após nova lei

No último dia 8 de fevereiro, a ANM distribuiu cerca de R$ 102,8 milhões aos municípios e estados limítrofes de áreas mineradoras


Dinheiro esquecido - @Reprodução
Economia
Entenda quem tem direito ao salário-família e como solicitar

Em 2024, houve um aumento no valor do auxílio, passando para R$ 62,04 por dependente


Botijão de gás - @Reprodução
Economia
Alagoas e Pernambuco têm o gás de cozinha mais barato do Brasil

Alagoas e Pernambuco apresentam valores médios mais baixos, com R$ 110,55 e R$ 105,17, respectivamente.


Moeda de R$ 1  - @Reprodução
Economia
Esta moeda de 1 Real pode valer até R$6.500,00; Saiba onde vender

No mercado, o valor da moeda de 1 real de 2008 bifacial pode variar significativamente