JHC critica prejuízo de R$10 milhões na compra de respiradores em Alagoas

O governo de Alagoas foi vítima da ação criminosa de uma quadrilha que vendeu ao estado 50 respiradores e nunca entregou

Publicado em: 02/06/20 às 9:06 | Atualizado em 02/06/2020 16:33
Por Redação


Deputado federal JHC - @Reprodução
Deputado federal JHC - @Reprodução

O deputado federal JHC (PSB) publicou um vídeo em que denuncia a falta de transparência do Governo de Alagoas, na transação financeira que custou R$10 milhões para a compara de 50 respiradores, que nesse fim de semana acabou se descobrindo ser um golpe de uma quadrilha, desbaratada pela operação Ragnarok, envolvendo uma força tarefa conjunta das policiais civil e militar da Bahia.

A compra foi feita em parceria com o Consórcio Nordeste, e negociada com a empresa [quadrilha] em segredo. A justificativa do governo de Alagoas, teria sido para evitar a concorrência. Para JHC, essa falta de transparência pode custar muitas vidas, além do prejuízo ao erário.

– O governo precisa dar transparência aos alagoanos, essa situação é dramática. Os alagoanos ficam na expectativa de serem socorridos por um sistema de saúde que não existe.

JHC reforça que existe uma deficiência no número de respiradores no sistema de saúde de Alagoas.

– Durante todo o ano de 2020 só chegaram 15 respiradores de UTI, e os 15 [respiradores] móveis enviados pelo Governo Federal, isso mostra a falta de preparo e planejamento para lidar com uma situação que exige gestão e planejamento.

O parlamentar conclui dizendo que os alagoanos estão ainda mais vulneráveis.

– Toda a falta de transparência deixou obscuro o acompanhamento desse processo que envolveu R$ 10.513.800,00 e agora os alagoanos ficarão ainda mais vulneráveis com a falta de estrutura do sistema de saúde! – concluiu

Entenda o caso

O governo de Alagoas anunciou nesta segunda-feira (01) que foi vítima, junto com outros estados que compõem o Consórcio Nordeste, de um golpe aplicado por uma quadrilha que vendia respiradores mecânicos em todo o país.

O grupo criminoso foi preso na operação Ragnarok, realizada numa força tarefa conjunta da Policia Civil e Polícia Militar da Bahia.

A operação cumpriu três mandados de prisão e 15 de busca e apreensão em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e no Distrito Federal. A quadrilha vendia produtos hospitalares a hospitais, e se aproveitou da corrida em busca dos respiradores, para negociar os produtos com prefeituras e Secretarias de Estado da Saúde.

Nesse caso, Alagoas realizou a compra em conjunto com o Consórcio Nordeste, o que barateou os custos. A compra foi feita no dia 27 de Abril, o pagamento foi feito e até este momento Alagoas não recebeu os respiradores.

Segundo secretário de estado da saúde, Alexandre Ayres, Alagoas esperava a chegada de 30 respiradores, que seriam essenciais para evitar que o estado entre em colapso na saúde, com a demanda de pacientes infectados com o novo coronavírus.

O prejuízo foi de R$4 milhões, segundo a Sesau, que disse ter esperanças de que esse valor seja devolvido, já que os criminosos foram presos.

Leia a nota da Sesau:

O Estado de Alagoas esperava receber 30 respiradores adquiridos por meio do Consórcio Nordeste. Mas foi vítima desse grupo desbaratado agora pela Polícia Civil e MP da Bahia. O governador da Bahia, Rui Costa, preside o consórcio. O Estado espera agora receber de volta o valor que já havia sido repassado, como todos os demais estados fizeram. No caso de Alagoas, o valor a ser restituído é de 4 milhões de reais.


Jornalista deseja a morte de Bolsonaro por Covid-19; “um bem maior”

Para o colunista da Folha “Bolsonaro prestaria na morte o serviço que foi incapaz de ofertar em vida”.

Há 2 horas atrás | Redação

Jair Bolsonaro está com coronavírus

 Essa não é a primeira vez que Bolsonaro se submete ao teste de Covid-19. O presidente já fez outros três testes, esse foi o quarto exame.

Há 2 horas atrás | Redação

Operação apreende mais de 5 mil frangos em ação conjunta nos municípios de União e Messias

ADEAL e SEFAZ estudam agora a possibilidade das aves estarem apropriadas para consumo humano

Há 8 horas atrás | Johny Lucena | BR104

CBF divulga nota confirmando data de início do Campeonato Brasileiro

Em nota, a confederação rebateu o governador de São Paulo, João Doria, que propos aos clubes do estado participarem do Brasileirão após o término do Campeonato Paulista

Há 9 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Membros do governo Kil reprovam indicação de Junior Menezes para vice-prefeito

A rejeição do nome de Junior Menezes para formar a chapa, seria causada pela antipatia e falta de compromisso com o grupo, é o que dizem os integrantes do governo municipal.

Há 10 horas atrás | Redação

Cacá Diegues cita Zumbi e Serra da Barriga ao falar sobre “Deus Ainda é Brasileiro”

O cineasta alagoano disse que cresceu ouvindo histórias de Zumbi dos Palmares, contadas por uma babá que morava na Serra da Barriga, em União dos Palmares

Há 11 horas atrás | Redação

Argentino Diego Torres desembarca em Alagoas vestido com camisa do CRB

O jogador saiu da Argentina até Rio Grande Sul de carro, por conta da pandemia, e dos aeroportos fechados no país

Há 11 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Branquinha registra 2 mortes por Covid-19 em 24 horas

Branquinha tem 91 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus.

Há 20 horas atrás | Redação

Saiba como foi a reunião de Renan Filho com motoristas do transporte alternativo

Diante dessa proposta, os motoristas adiaram o protesto que aconteceria na manhã desta segunda.

Há 1 dia atrás | Redação

Mutirão de moradores que limpou o mato em bairro de União, constrange prefeito

Para diminuir o impacto do caso, o programa institucional da prefeitura na rádio Quilombo foi usado para contar uma outra versão

Há 1 dia atrás | Redação