Protesto contra a Equatorial fracassa e atrai pouca gente em União dos Palmares

Os manifestantes, alguns vestidos de preto, pediam medidas urgentes para bloquear cobranças indevidas da empresa

Publicado em: 22/01/20 às 9:19 | Atualizado em 22/01/2020 17:26
Por Gustavo Lopes | BR104


Executivo de Relações Institucionais, Sérgio Miranda — © BR104
Executivo de Relações Institucionais, Sérgio Miranda — © BR104

União dos Palmares — Um grupo de moradores utilizou a Praça Padre Cícero, no município de União dos Palmares, na tarde dessa terça-feira (21), para uma tentativa de protestar contra o aumento nas contas de luz. Eles reclamam de reajustes de até 70% no valor dos talões.

Apesar de terem levado apitos e faixas, os manifestantes, alguns vestidos de preto, fizeram pouco barulho mas levaram adiante a proposta inicial de seguir em marcha até à sede da Equatorial Energia Alagoas. Eles pediam ainda medidas urgentes para bloquear cobranças indevidas da empresa.

Mesmo com algumas pessoas impulsionando gritos isolados de “Equatorial, empresa desleal” e recados como “não vamos nos acomodar”, o protesto não atraiu a atenção de quem se passava pela região. A Polícia Militar foi até o local para acompanhar o ato, que foi pacífico.

De acordo com a moradora do Conjunto Newton Pereira, Meire, o débito de energia aumentou cerca de 70% em alguns casos, que ela alega estar bem acima do que foi consumido. É inacreditável como está vindo tão cara a energia. Esses valores são absurdos. Nós não vamos aceitar”, disse.

Meire, uma das organizadoras do ato — © BR104

Meire, uma das organizadoras do ato — © BR104

Outra moradora, Polly Sales, também vem sofrendo com as cobranças absurdas. Ela diz que não não houve nenhuma mudança brusca que justificasse o aumento. “A minha também está vindo um absurdo, vinha R$ 60, no outro mês veio R$ 90 e agora veio R$ 100. E sempre utilizando as mesmas coisas”, contou.

Em reunião com os moradores na última sexta-feira (17), ficou definido que a Equatorial fará um mutirão no qual serão ofertados serviços de negociação, informações à população de um consumo consciente e a troca de lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescente. A proposta não foi aceita pela população.

Na ocasião, a executiva de Relacionamento com o Cliente, Patrícia Moraes, explicou que muitos medidores eram antigos e por isso não faziam a contagem do que realmente estava consumindo pelo cliente. “O consumidor que pagava uma taxa mínima porque seu medidor estava parado, agora está pagando o consumo real”, frisou.

Não houve aumento

Ao BR104, o executivo de Relações Institucionais, Sérgio Miranda, que esteve na manifestação representando a empresa, garantiu que não houve aumento abusivo nas contas de energia. Segundo ele, “a intenção da Equatorial é de estar próximo da comunidade”.

“Ficamos sabendo da manifestação e viemos ao ato com o intuito de esclarecer vários questionamento da população, entre eles sobre a suspensão do fornecimento de energia, a situação das ligações provisórias dos barraqueiros e sobre os valores abusos que estão sendo relatados”, acrescentou.

Sérgio também afirmou que esses valores serão revistos pela Equatorial. “A gente garante que não vão chegar esses valores absurdos que estão sendo comentados, dependendo da carga que essas pessoas forem consumir. Estamos dispostos a olhar cada caso individualmente para esclarecer toda essa situação”, garantiu.


Jornalista deseja a morte de Bolsonaro por Covid-19; “um bem maior”

Para o colunista da Folha “Bolsonaro prestaria na morte o serviço que foi incapaz de ofertar em vida”.

Há 10 horas atrás | Redação

Jair Bolsonaro está com coronavírus

 Essa não é a primeira vez que Bolsonaro se submete ao teste de Covid-19. O presidente já fez outros três testes, esse foi o quarto exame.

Há 11 horas atrás | Redação

Operação apreende mais de 5 mil frangos em ação conjunta nos municípios de União e Messias

ADEAL e SEFAZ estudam agora a possibilidade das aves estarem apropriadas para consumo humano

Há 16 horas atrás | Johny Lucena | BR104

CBF divulga nota confirmando data de início do Campeonato Brasileiro

Em nota, a confederação rebateu o governador de São Paulo, João Doria, que propos aos clubes do estado participarem do Brasileirão após o término do Campeonato Paulista

Há 18 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Membros do governo Kil reprovam indicação de Junior Menezes para vice-prefeito

A rejeição do nome de Junior Menezes para formar a chapa, seria causada pela antipatia e falta de compromisso com o grupo, é o que dizem os integrantes do governo municipal.

Há 19 horas atrás | Redação

Cacá Diegues cita Zumbi e Serra da Barriga ao falar sobre “Deus Ainda é Brasileiro”

O cineasta alagoano disse que cresceu ouvindo histórias de Zumbi dos Palmares, contadas por uma babá que morava na Serra da Barriga, em União dos Palmares

Há 20 horas atrás | Redação

Argentino Diego Torres desembarca em Alagoas vestido com camisa do CRB

O jogador saiu da Argentina até Rio Grande Sul de carro, por conta da pandemia, e dos aeroportos fechados no país

Há 20 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Branquinha registra 2 mortes por Covid-19 em 24 horas

Branquinha tem 91 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus.

Há 1 dia atrás | Redação

Saiba como foi a reunião de Renan Filho com motoristas do transporte alternativo

Diante dessa proposta, os motoristas adiaram o protesto que aconteceria na manhã desta segunda.

Há 1 dia atrás | Redação

Mutirão de moradores que limpou o mato em bairro de União, constrange prefeito

Para diminuir o impacto do caso, o programa institucional da prefeitura na rádio Quilombo foi usado para contar uma outra versão

Há 1 dia atrás | Redação