publicidade
publicidade
União dos Palmares

Procurador-geral fala sobre demissões em massa em União dos Palmares

Ele reconheceu a deficiência da cidade em relação a realização de concurso público

Publicado: | Atualizado em 27/12/2018 14:07


publicidade
publicidade
publicidade
Dr. Alan Belarmino, Procurador Geral do Municipio de União dos Palmares
Dr. Alan Belarmino, Procurador Geral do Municipio de União dos Palmares

União dos Palmares – A repercussão causada na cidade de União dos Palmares, Zona da Mata alagoana, por conta das demissões em massa, ocorridas nos últimos dias, vem causando um certo mal estar no governo do prefeito Kil de Freitas.

O procurador-geral do município, Alan Belarmino, conversou com a reportagem do BR104 sobre essa situação do município. Ele não quis comentar o problema enfrentado pela gestão, alegando que este é um momento que não é confortável para ninguém. “Eu não me habilito a comentar sobre esta situação por se tratar de uma questão complicada no âmbito de gestão”, disse o procurador.

Alan disse ainda que a contratação de funcionários é feita para atender às necessidades do município. Ele reconheceu a deficiência da cidade em relação a realização de concurso público, lembrando que o último foi feito em 2004. “Infelizmente, o nosso último concurso foi feito em 2004, então a gente tem um tempo muito grande, e infelizmente nós temos um quadro deficitário muito grande de funcionários efetivos e necessitamos contratar”, afirmou.

+ Ex-governador fala de instabilidade e falsas promessas na gestão Kil de Freitas

Questionado sobre o número de pessoas afetadas com as demissões, que se fala em torno de 500, ele não soube informar com exatidão, mas disse que está sendo feito um levantamento. Segundo ele, o prefeito baixou um decreto realizando as exonerações para se adequar e depois será visto cada questão específica como postos de saúde para ver a quantidade necessária para que funcionem mesmo que de modo precário, mas voltado a atender os serviços essenciais.

O procurador também disse que atualmente o município sobrevive graças ao INSS, Bolsa Família, prefeitura e uma ou outra empresa ou fábrica. “Este é um momento difícil para a cidade”, concluiu ele.

publicidade
veja também

Câmara de Vereadores de União dos Palmares — © BR104
União dos Palmares
Vereadores aprovam reajuste de 10,06% para professores de União

Os professores palmarinos já haviam se manifestado contra os 10,06% uma vez que o Governo Federal já havia aprovado o reajuste em 33,24%.


Estruturas sendo montada na Avenida Monsenhor Clóvis, em União dos Palmares | © Johny Lucena
União dos Palmares
32ª FEMIL: Evento retorna na quinta (23) com atrações locais e nacionais

O evento passa a ser realizado na Avenida Monsenhor Clóvis Duarte, no Centro da cidade.


Bruno Lopes improvisa valeta | © Reprodução
União dos Palmares
Bruno Lopes improvisa valeta para conter alagamento na rua da “ponte nova”

Após a finalização das obras de pavimentação na rua Amélia Mendonça, os moradores vinham se queixando de prejuízos causados com alagamentos.


Homem foragido por homicídio é preso em União dos Palmares | © Cortesia
União dos Palmares
Homem foragido por homicídio é preso em União dos Palmares

o homem era conhecido como "Neguinho do Multirão", e estava envolvido no homicídio de um rapaz identificado Wellington da Silva Santos.


Unidão Globo | © BR104
União dos Palmares
Açude estoura por trás do Unidão Globo, em União dos Palmares

O açude estourou e as águas tomaram conta do local rapidamente, invadindo até um trecho da rodovia BR-104.


publicidade