MPE e CREAS resgata idoso em situação de abandono em União dos Palmares

O caso dele foi descoberto após uma denúncia anônima detalhando a situação decadente em que se encontrava


Publicado em: 20/05/19 às 19:09 por Redação | Atualizado em 20/05/2019 às 19:09



Idoso resgatado em União dos Palmares

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio da 2ª Promotoria de Justiça, em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), de União dos Palmares, resgatou o idoso J.N.M., 65 anos, de situação de abandono. O mesmo sendo acolhido no Abrigo Santo Antônio, conhecido como Casa do Pobre.

O caso dele foi descoberto após uma denúncia anônima detalhando a situação decadente em que se encontrava: com fome, sem higienização pessoal, além da falta de limpeza no imóvel.

“Fomos acionados pelo Creas e juntamos as forças. A situação do idoso era de total negligência, abandono e precisávamos agir imediatamente. E aí, entrou o Ministério Público resolutivo intervindo para assegurar os direitos daquele homem que vivia um abandono de incapaz. Foi feito todo procedimento, mantido contato com o abrigo e em poucas horas ele foi levado para lá. Já nas primeiras assistências percebe-se a mudança, outro semblante, um sorriso no rosto e isso nos deixa aliviados, convictos de que cumprimos a nossa missão”, enfatiza a promotora de Justiça, Adilza Freitas.

A coordenadora do Creas, Ana Cardoso, ressalta a importância do suporte recebido pelo Ministério Público.

“Através da parceria com o MP já conseguimos fazer com que idosos tenham uma vida digna. Vários deles já foram assistidos pelo CREAs e, como trabalhamos com situações de riscos e vulnerabilidade, esta parceria com a instituição permite que muitas denúncias cheguem para nós. Logo, esse apoio é muito importante para o município. Assim que procuramos a promotora, ela não mediu esforços e ficou conosco até a noite resolvendo a situação”, afirma Ana Cardoso.

A promotora Adilza Freitas alerta para a participação da sociedade no sentido de salvar vidas.

“É preciso que as pessoas se encorajem e denunciem para que possamos chegar em tempo. Às vezes, um simples telefonema, uma denúncia, se transforma em milagre. Pedimos que denunciem àquelas pessoas que só querem tomar conta do cartão do idoso e negligenciam quanto a assistência material e afetiva. E jamais poderia deixar de enaltecer o belo trabalho da diretora do abrigo, Ana Paula Moura de Melo, e sua equipe, pois elas fazem a diferença nesse processo ”, reforça a promotora Adilza.

Já Ana Cardoso lembra que o Creas pode ser acionado por meio do 3281-2452 ou diretamente pelo Disque 100.

“Podemos ser acionados por esses números, ressaltando que atendemos casos de crianças, adolescentes, mulheres enfim todas as pessoas que tiverem seus direitos violados. Entre eles abusos e exploração sexual. As pessoas procuram o Creas para pedir socorro porque sabem da parceria, do trabalho e da competência do Ministério Público em nosso município”, diz Ana Cardoso.

O Ministério Público com a Receita Federal lançou a campanha “Destine Esperança”,onde os cidadãos podem contribuir, por meio do imposto de renda, com entidades. O Abrigo Santo Antônio, em União dos Palmares, precisa de ajuda. No site www.mpal.mp.br é possível obter informações detalhadas.