Barragem que custou R$ 300 mil em União está há três anos no papel

Obra seria concluída no prazo de três meses e tinha como finalidade solucionar o déficit de abastecimento de água na cidade

Publicado em: 06/11/19 às 16:20 | Atualizado em 07/11/2019 07:34
Por Redação


União dos Palmares — A ordem de serviço para a construção da primeira barragem de nível de União dos Palmares foi assinada no dia 9 de abril de 2017, mas ficou apenas no papel. A obra seria concluída no prazo de três meses, mas já dura três anos, e tinha como finalidade solucionar o déficit de abastecimento de água na cidade.

Com o investimento de quase R$ 300 mil, a construção da barragem é de responsabilidade do Governo do Estado, e quando foi iniciada, a cidade passava por uma situação de emergência devido à seca. O montante foi repassado ao município, no entanto, no local onde deveria ter sido construída a barragem, hoje dá lugar a alguns sacos de areia.

O projeto foi elaborado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e aportou recursos exclusivos do governo estadual para a execução dos trabalhos. Com isso, após a conclusão da nova barragem, o município teria capacidade de até 120 dias para captação da água no rio Mundaú, mesmo em períodos de pouca chuva.

Momento da assinatura que autoriza a construção de barragem — © Agência Alagoas

Momento da assinatura que autoriza a construção de barragem — © Agência Alagoas

O prefeito da cidade, Areski Freitas (MDB), em uma reportagem já publicada no Portal BR104 [confira no fim da matéria], havia anunciado a retomada das obras e, na oportunidade, disse que a construção da barragem geraria cerca de mais de 50 empregos para a população palmarina.

A conclusão, segundo o gestor, estava programada para o fim do inverno deste ano, o que não aconteceu. A medida beneficiaria a Dona Maria José da Silva, moradora do bairro Roberto Correia Araújo, que esteve no dia da assinatura e que ainda hoje sofre com a falta de água na localidade.

“Quando o rio secou, a dificuldade foi grande. Passei um mês sem água na rua. Aos poucos, a água tem chegado, mas, ainda assim, é com muita dificuldade. Tem dia que chega e outros que ela nem dá sinal, como hoje de manhã”, revelou à época.


Visando o G-4, CRB encara o Vitória nesta quinta-feira (27) pela Copa do Nordeste

A partida é válida pela quinta rodada do campeonato, veja a provável escalação para essa partida

Há 30 minutos atrás | Johny Lucena | BR104

Mãe e filho morrem em acidente na BR-104, em União dos Palmares

O rapaz que pilotava a moto e aparentava ter entre 25 e 30 anos, colidiu contra um cavalo que estava solto na pista, em um local sem nenhuma iluminação.

Há 8 horas atrás | Redação

“Eu vendi o gás da minha mãe pra vim pra cá” confessa foliã do CarnaLaje

No vídeo, a jovem pede perdão e diz que vai devolver assim que o carnaval terminar

Há 18 horas atrás | Redação

Quarta-Feira de Cinza: Entenda a origem do primeiro dia que antecede a Quaresma

Essa data dá início ao período da Quaresma, também como o último dia de Carnaval

Há 20 horas atrás | Johny Lucena | BR104

GFD Galattazaray x Corinthians se enfrentam neste sábado (29), pela 2ª fase da Copa Zumbi

Veja como assistir ao jogo válido pela segunda rodada da competição

Há 22 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Coronavirus confirmado no Brasil: Novo exame em paciente deu positivo

Trata-se de um brasileiro de 61 anos, diagnosticado com os sintomas do novo coronavírus, depois de voltar de uma viagem de onze dias na Itália

Há 22 horas atrás | Redação

Você viu? Bloco “Vou furar” comemorou 20 anos em Branquinha

Organizado pelo empresário Aldemir Medeiros, o bloco recebeu nomes importantes da política local, como é o caso do ex-prefeito Neno Freitas e da ex-prefeita, Renata Freitas.

Há 23 horas atrás | Redação

MP notifica município por usar container para encarcerar foliões

Para o Ministério Público a ação da guarda municipal fere os princípios da dignidade humana.

Há 23 horas atrás | Redação

Após 74 anos, bloco Tudo Azul mantém tradição e reúne foliões em Murici

Criado em 1944, o Tudo Azul é considerado um dos maiores blocos de rua do Nordeste

Há 1 dia atrás | Johny Lucena | BR104

Coronavirus: Por quê o brasileiro parece ignorar os riscos da doença

O brasileiro parece não estar entendendo o risco global causado pelo coronavirus

Há 1 dia atrás | Redação