Trânsito

Teve a cinquentinha apreendida? Saiba como se regularizar

Muitas pessoas utilizam o veículo para se deslocarem até o trabalho

Publicado: | Atualizado em 27/12/2018 09:18


Muitas pessoas utilizam o veículo para se deslocarem até o trabalho (Crédito: Divulgação)
Muitas pessoas utilizam o veículo para se deslocarem até o trabalho (Crédito: Divulgação)

Alagoas – Muitas pessoas estão apreensivas com a notícia de que poderão ter suas motocicletas apreendidas pela fiscalização da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). O motivo é que o prazo para a regularização dos ciclomotores (as famosas cinquentinhas) acabou no início desse mês.

O assunto, que já foi pauta diversas vezes, volta à tona. Com a nova regra, todos os ciclomotores que tiverem irregularidades serão apreendidos e só poderão ser liberados mediante regularização. Portanto, tanto condutores que estiverem desabilitados, quanto motocicletas que estiverem desemplacadas, não poderão mais circular pelas ruas.

O assunto preocupa aqueles que utilizam o veículo como forma de locomoção para o trabalho. Para essas pessoas, além do custo, existem problemas em relação aos analfabetos, que acabam ficando impossibilitados de conseguirem tirar a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC).

Para Nilo José, a lei servirá para minimizar os acidentes. “Se não tem condições de se adequar à lei, venda o ciclomotor e compre uma bicicleta. Temos que parar de se fazer de vítima e dizer que é caro emplacamento ou habilitação, pois tem muita gente que não sabe nem andar à pé, no modo grosseiro de falar, sai andando nas 50cc. Pode ter certeza, que aqueles que andam certo vão se adequar à lei.”

+ Prefeitura de União instaura processo para investigar secretarias de educação e administração

No Estado, desde 2015, o prazo foi prorrogado por duas vezes. O diretor do Dentran/AL, Cacá Gouveia, ressaltou que o adiamento foi devido ao grande número de analfabetos existentes em Alagoas. Esse prazo, ainda segundo ele, foi para que essas pessoas tivessem tempo para se capacitar.

A partir de agora, além de possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) da categoria “A” ou uma habilitação específica para a “cinquentinha”, a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), os condutores também precisam ter os ciclomotores emplacados para circularem pelas ruas. O registro inclui algumas taxas novas para o veículo, como: IPVA, Licenciamento e DPVAT.

São Miguel dos Campos e Delmiro Gouveia tem reforçado fiscalização

Outros municípios também tem reforçado a fiscalização de ciclomotores irregulares. Em São Miguel dos Campos, só no primeiro dia foram recolhidos 11 veículos com diversas irregularidades. De acordo com a SMTT do município, os veículos apreendidos ficarão na sede do órgão e só serão liberados mediante regularização.

Já no município de Delmiro Gouveia, até o momento, 38 veículos foram apreendidos. Segundo o diretor da SMTT, os veículos irregulares, juntamente com as notas, ficam retidas na sede do órgão e a partir daí, os procedimentos serão realizados pela Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP).

O proprietário deve se dirigir até a unidade da SMTT, portando a Nota Fiscal, RG, e CPF.


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

O uso do veículo sem as placas de identificação é proibido | @ Divulgação
Trânsito
Perdeu a placa do seu veículo? Detran AL explica como proceder durante o período chuvoso

Proprietários devem fazer um Boletim de Ocorrência e realizar o serviço de vistoria no órgão estadual.


Automóvel envolvido em sinistro alerta para para boas práticas no trânsito | @ Ascom Detran
Trânsito
Simulação de acidente alerta para conscientização no trânsito durante o Maio Amarelo

Veículos foram expostos pelo Detran em seis pontos estratégicos de Maceió e Marechal Deodoro para alertar sobre a importância das boas práticas no trânsito


Resultado se deve às melhorias de infraestrutura na malha viária | @ Neno Canuto
Trânsito
Alagoas ocupa o 3º lugar com menos internações por sinistros de trânsito entre os estados

Levantamento do Ranking de Competitividade dos Estados, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), analisa o ano de 2022


Número de mortes no trânsito registrado no primeiro trimestre deste ano é 10,5% maior do que o notificado no mesmo período de 2023 | @ Carla Cleto
Trânsito
Maio Amarelo: AL registra 167 mortes no trânsito no 1º trimestre e Sesau alerta para medidas preventivas

Número reforça importância da segurança no trânsito para reduzir óbitos e internações hospitalares.


Veículos trafegando no trânsito - @reprodução
Trânsito
Maio Amarelo: conscientização para a segurança no trânsito

O movimento busca conscientizar a sociedade sobre a importância da segurança no trânsito, com o objetivo de reduzir os índices de acidentes e mortes nas vias.