Microsoft apresenta o sucessor do Xbox One X em conferência de games

O aparelho foi anunciado na E3 2019, evento voltado a fabricantes e desenvolvedores de games que acontece em Los Angeles


Publicado em: 11/06/19 às 13:47 por Johny Lucena | BR104 | Atualizado em 11/06/2019 às 13:52




A Microsoft deixou a espera de lado e anunciou algumas novidades do seu tão aguardado lançamento que acabou recebendo o nome de Project Scarlett. Para exemplificar melhor, ele é o sucessor do  Xbox One X.

A companhia fez o anuncio no E3 2019, evento que está acontecendo em Los Angeles e reúne os maires fabricantes e desenvolvedores de jogos do mundo.

Em sua participação na conferência, a Microsoft falou das informações mais detalhada a respeito do Xbox, antecipando as informações sobre o novo console que vem com um processador quatro vezes mais rápido do que qualquer outro aparelho existente no catálogo da fabricante. Essa melhoria se tornou possível graças ao chip gráfico Zen2 da AMD que utiliza a tecnologia Navi.

+ WhatsApp ganha stickers exclusivas do Brasil; saiba como baixar

Na pratica, o novo aparelho poderá rodar jogos com mais velocidade e mais eficiente, independente da qualidade gráfica, quando se comparado com qualquer device existente no mercado. A empresa também revelou o que está sendo atualizado no aparelho referente à eficiência na escolha de um Hard Drive por um SSD, uma das apostas para o novo console da fabricante.

Para o combo de atualizações, os gamers vão contar com ray tracing, RAM virtual, resolução de 8K com capacidade de 120fps, ou seja, o dobro de frames que são reproduzidos por uma TV convencional.

De acordo com a Microsoft, as novidades do project Scalett apresentadas no evento vão oferecer uma experiência à altura dos games que atualmente estão sendo desenvolvidos, sem interferir nos problemas técnicos em transmissão de dados, o que eles vem chamando de “console mais imersivo já feito”.

+ Acionistas do Facebook tentam tirar poder de Marck Zuckerberg da rede social

A empresa também confirmou que o novo console Project Scarlett vai conseguir rodar 4 gerações de games, ou seja, a retrocompatibilidade ainda continua sendo uma das preocupações em pautas da Microsoft, e quem sai ganhando com isso são os usuários.

Por fim, a companhia também anunciou um projeto que a Microsoft está chamando de Project xCloud, que funciona como uma plataforma de processamento em nuvens, previsto para ser lança em outubro deste ano. Além disso, a empresa demonstrou cerca de 60 jogos ao longo do evento.