publicidade
publicidade
Saúde

Ministério da Saúde anuncia redução de tempo para vacina reforço em imunossuprimidos

O documento foi divulgado na manhã desta segunda-feira (20/12).

Publicado:


Vacinas contra a Covid-19 – © Reprodução
Vacinas contra a Covid-19 – © Reprodução

O Ministério da Saúde publicou uma nota na manhã desta segunda-feira (20/12), informando a redução do prazo mínimo de aplicação da dose reforço das vacinas utilizadas em campanha contra o novo coronavírus. Segundo a nota, o prazo passa a ser de meses contados a partir da aplicação da segunda dose.

O documento informa ainda um novo reforço para os imunossuprimidos, que seja a quarta dose da vacina. O intervalo de vacinação para esse público também é de quatro meses, contados a partir da primeira dose de reforço tomada pelo cidadão.

– Uma dose de reforço da vacina Covid-19 para todos os indivíduos imunocomprometidos acima de 18 anos de idade que receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma dose adicional), que deverá ser administrada a partir de 4 meses – diz um trecho do documento.

São considerados pacientes imunocomprometidos:

  • Os portadores de imunodeficiência primária grave;
  • Quem está fazendo quimioterapia para câncer;
  • Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras;
  • Pessoas vivendo com HIV/AIDS;
  • Pacientes em uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias;
  • Pessoas que usam drogas modificadoras da resposta imune (o Ministério da Saúde divulga uma tabela com essas medicações);
  • Pacientes com condições auto inflamatórias e doenças intestinais inflamatórias;
  • Pacientes em hemodiálise;
  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas
veja também

Aline Barbirato e Marcy Nobre | © Assessoria
Saúde
Odontólogas empreendem na pandemia e se tornam referência em harmonização facial

Elas tiveram que enfrentar desafios, como saber conciliar a rotina do trabalho com as tarefas domésticas e a assistência à família.


Câmara dos Deputados | © Reprodução
Saúde
Câmara aprova PL que estabelece piso salarial para Enfermagem

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (4/5) o Projeto de Lei que estabelece o piso salarial nacional da Enfermagem.


Enfermeira aferindo pressão arterial de idoso | © Reprodução/Ilustração
Saúde
Pressão alta afeta mais de 38 milhões de brasileiros

Nesta terça-feira (26/4), acontece o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial.


Embolia Pulmonar | © Reprodução
Saúde
Você sabe o que é Embolia Pulmonar?

A Embolia Pulmonar é causada pela obstrução das artérias dos pulmões por coágulos. Em casos mais graves, pode levar à morte.


O tremor nos olhos, geralmente, é causado pelo excesso de estresse e poucas horas de sono | © Imagem/Reprodução
Saúde
Tremor nos olhos? Saiba as possíveis causas

O tipo de tremor dos olhos mais comum é a miocimia palpebral, relacionada a alguns aspectos comportamentais.