publicidade
publicidade
Saúde

Doença que leva à perda de visão tem novo tratamento ofertado pelo SUS

Os novos procedimentos devem atender pacientes a partir dos 60 anos

Publicado: | Atualizado em 08/01/2019 15:33


publicidade
publicidade
publicidade
Doença que leva à perda de visão tem novo tratamento ofertado pelo SUS (Crédito: Agência Brasil)
Doença que leva à perda de visão tem novo tratamento ofertado pelo SUS (Crédito: Agência Brasil)

Saúde – Para os idosos que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) para tratamentos de visão, o Ministério da Saúde (MS) informou ter ampliado o tratamento oferecido à pacientes com degeneração macular relacionada à idade por meio da oferta do medicamento antiangiogênico e do exame de tomografia de coerência óptica.

De acordo com a pasta, as duas incorporações são importantes para a detecção precoce e para tratar casos já confirmados, estabilizando a evolução da doença. A degeneração macular atinge a parte central da retina e leva à perda progressiva da visão central.

O MS ressalta que os novos procedimentos devem atender pacientes a partir dos 60 anos, conforme Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Degeneração Macular Relacionada à Idade.

O medicamento utilizado para o tratamento da doença é injetável e deve ser utilizado com um intervalo mínimo de 15 dias entre um olho e outro, e também pode ser feito em um, ou nos dois olhos. Já a tomografia de coerência óptica, é um exame não invasivo para diagnóstico da doença nos dois olhos. A proposta é detectar sinais microscópicos de alterações precoces da retina.

A doença

A degeneração macular relacionada à idade é uma doença progressiva que acomete a área central da retina, onde as imagens são formadas, levando invariavelmente à perda da visão central. O principal fator de risco é o aumento da idade. A doença pode ser classificada como seca, responsável pela maior parte dos casos (85%-90%), ou úmida (10%-15%).

*com assessoria

publicidade
veja também

Enfermeira vacinando criança – © Assessoria
Saúde
Covid-19: SESAU alerta sobre aumento de casos em crianças

O comunicado foi divulgado nesta terça-feira (21/06), por meio das redes sociais da SESAU.


Equipes monitoram terrenos baldios na Capital | © Assessoria
Maceió
Fiscalização em terrenos baldios intensificam combate ao Aedes aegypti em Maceió

Município já emitiu 43 notificações e mantém sob monitoramento mais de 2.300 terrenos.



Variola dos Macacos - @Reprodução
Saúde
Varíola dos macacos e Covid-19; especialista explica a relação de transmissão

Para a infectologista Luana Araújo, "a varíola dos macacos está longe de ser como a [transmissibilidade] da Covid".


Aline Barbirato e Marcy Nobre | © Assessoria
Saúde
Odontólogas empreendem na pandemia e se tornam referência em harmonização facial

Elas tiveram que enfrentar desafios, como saber conciliar a rotina do trabalho com as tarefas domésticas e a assistência à família.


publicidade