publicidade
publicidade
Saúde

Covid-19: Publicada lei que destina quase R$ 2 bilhões para vacina de Oxford

O crédito de R$ 1,9 bilhão para o Ministério da Saúde foi destinado especificamente para a vacina desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra.

Publicado: | Atualizado em 07/12/2020 16:02


Publicada lei que destina quase 2 milhões para vacina de Oxford — © John Cairns/Universidade de Oxford
Publicada lei que destina quase 2 milhões para vacina de Oxford — © John Cairns/Universidade de Oxford

Foi publicada no Diário Oficial da União de sexta-feira (04/12) a Lei 14.107, que viabiliza a destinação de R$ 1,9 bilhão para produção da vacina de Oxford contra o novo coronavírus. A lei é originária da Medida Provisória (MP) 994/2020, editada em agosto e aprovada pelos senadores na quinta (3), sem alterações.

A meta inicial é garantir 100 milhões de doses para o Brasil. Autor do projeto, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) comemorou o acatamento das emendas que tornam a vacina um direito de todos. “Vamos conseguir garantir vacina gratuita, efetiva e funcional para aqueles brasileiros que desejarem se vacinar”.

O crédito extraordinário para o Ministério da Saúde (MS) foi destinado especificamente para a vacina desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra. Um acordo prevê transferência de tecnologia na formulação, envase e controle de qualidade da substância para a Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz).

À época da publicação da MP, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que essa era a vacina que estava em estágio mais avançado, mas afirmou que o ministério estava acompanhando pesquisas para o desenvolvimento de outros imunobiológicos e que futuramente poderia firmar outras parcerias para garantir a imunização dos brasileiros.

A vacina de Oxford está em fase de testes com voluntários no Brasil e em outros países. Caso a eficácia seja comprovada, o Brasil tem o objetivo de produzir 100 milhões de doses que deverão ser distribuídas por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) até o final do primeiro semestre de 2021.

*com informações da Assessoria
Vacina contra a Covid-19 — © Divulgação

Vacina contra a Covid-19 — © Divulgação

veja também

Varíola dos macacos | © iStock
Branquinha
Branquinha tem primeiro caso suspeito da varíola dos macacos

Até o momento, um caso de varíola dos macacos foi confirmado em Alagoas.


Jéssica Batista | © Reprodução
Saúde
Saiba mais sobre a endometriose, doença que atinge 1 a cada 10 mulheres no Brasil

A psicóloga Jéssica Batista abordou diversos pontos sobre a endometriose e esclareceu dúvidas acerca do tema.



Varíola dos macacos | © Shutterstock
Saúde
Sesau confirma primeiro caso de varíola dos macacos em Alagoas

Após a confirmação, o número de casos em investigação subiu de 10 para 14 no estado de Alagoas; 8 deles em Maceió.


Cardiologista, Roberto Kalil | © Reprodução / Internet
Saúde
Cardiologista faz alerta sobre riscos causados por colesterol alto

Nesta segunda-feira (8/08), é comemorado o dia do combate e prevenção contra o colesterol.