publicidade
publicidade
Política

‘Não há prova cabal de que Renan tenha, de fato, recebido o dinheiro’, diz jornalista em matéria polêmica do O Globo

Do hospital, Renan Calheiros diz que O Globo faz ilações sobre ele

Publicado: | Atualizado em 26/12/2018 14:45


Diretamente do hospital, Renan Calheiros diz que O Globo faz ilações sobre ele (Crédito: Assessoria)
Diretamente do hospital, Renan Calheiros diz que O Globo faz ilações sobre ele (Crédito: Assessoria)

Ainda internado para tratar de uma pneumonia, Renan Calheiros (MDB), Senador reeleito por Alagoas, na tarde de domingo (25), usou a sua página no Facebook para tranquilizar os seus apoiadores, quanto as chances de a Polícia Federal descobrir alguma prática ilícita da parte dele.

A resposta de Renan vem logo após a reportagem de Aguirre Talento, no site do jornal O Globo, que traz a informação de que a Polícia Federal teria rastreado depósitos no valor de US$ 3 milhões, que supostamente seriam parte de um acerto de propina com políticos do MDB do Senado, entre eles o senador Renan Calheiros (AL).

“Continuo aqui no hospital, mas essa gente não para! Matéria hoje do Globo faz ilações sobre ligações minhas com Walter Faria, que não conheço; com Bruno Luz, que também não conheço; e com Jorge Luz, que encontrei uma vez há mais de 20 anos. A própria delegada diz que não há provas contra mim e que o caso está ainda em esfera “indiciária”.”

“No inquérito, já ficou demonstrada a ligação de negócios de Jorge e Bruno Luz, Eduardo Cunha, Fernando Baiano e Zelada, que também não conheço. Nunca tive negócios com essa corja e nem com ninguém. Portanto, a chance de provarem que alguma vez me envolvi com falcatruas é zero!”

“Vamos em frente!” concluiu Renan em resposta as acusações trazidas a público pelo Jornal.

“Reportagem é fraca, capenga e desmerecedora de qualquer crédito”

A reportagem feita por Aguirre Talento, relaciona a operação da Polícia Federal sobre o descobrimento de uma conta na Suíça no valor de R$ 3 milhões, a integrantes do MDB, chamando a atenção para o senador Renan Calheiros e ao fato de este está sendo cotado para ser candidato a presidência do senado.

O jornalista atribui à PF as acusações contra Renan Calheiros, mas não apresenta nenhuma prova de que a PF teria encontrado algo que comprove o envolvimento do parlamentar, pelo contrário, Aguirre Talento admiti que “não há uma prova cabal de que os emedebistas tenham, de fato, recebido o dinheiro.” Na mesma matéria, o repórter do jornal O Globo justifica a ausência de provas dizendo: “a PF ressalva, porém, que as provas estão em uma “esfera indiciária”.

Segundo o Jornalista político e apresentador do programa Jogo do Poder (Rio), Ricardo Bruno, a matéria publicada pelo O GLOBO, lançando suspeitas sobre Calheiros é fraca, capenga e desmerecedora de qualquer crédito.

” O dinheiro foi parar numa conta supostamente controlada pelo empresário Walter Faria, dono da Cervejaria Itaipava, que nega qualquer vínculo com a operação. Além disto, não há uma informação concreta: nenhum vínculo comprobatório de que Renan de fato era dono da mufunfa. Apenas ilações de um delegado, lançadas às vésperas das eleições para a presidência do Senado, onde Renan Calheiros surge como forte candidato.”, disse Ricardo Bruno em publicação para o 247.

Em nota divulgada em resposta a matéria do jornal O Globo, a defesa de Walter Faria disse: “Não houve por parte de Walter Faria qualquer tipo de repasse a políticos ou agentes públicos.”

Presidência do Senado

Em uma postagem no Twitter feita no último sábado (24), Renan Calheiros disse que não tem “a mesma vontade de antes” com relação à liderança do senado.

“Desde ontem, dedico-me a tratar breve pneumonia. Ainda não sei se serei candidato à presidência do Senado. Se por um lado ocupei esse cargo quatro vezes, não tenho a mesma vontade de antes, ele não pode ser um fim em si mesmo e temos bons nomes em todas as bancadas”, disse o senador, que é visto como forte candidato, tanto pelo governo eleito de Jair Bolsonaro, quanto pela oposição, que apoiou o nome de Renan na última vez que esse chegou a presidência da casa parlamentar.

veja também

Wanderley Neto | © Reprodução
Política
Vice-governador retoma atividades após testar positivo para Covid-19

Na terça-feira (21/6), ele testou positivo para Covid-19.


Jair Bolsonaro e Milton Ribeiro - @Reprodução
Política
Apenas um senador por Alagoas assinou pedido para a CPI do MEC

Os senadores protocolaram o pedido com 31 assinaturas favoráveis à criação da Comissão Parlamentar de Inquérito.


Pedro Vilela | © Assessoria
Política
Pedro destaca entrega de imóveis pelo governo federal em Maceió

O residencial está sendo construído com recursos federais do Ministério do Desenvolvimento Regional.


Drª Fátima Santiago | © Reprodução
Geral
Ginecologista e ex-vereadora Fátima Santiago é pré-candidata a deputada federal

A médica ginecologista atende em vários municípios do interior de Alagoas, inclusive em União dos Palmares e Branquinha.


JHC e Rui Palmeira - @BR014
Política
Cresce tensão entre JHC e Rui Palmeira

O prefeito de Maceió chamou seu antecessor de vigarista.