Governadores do Norte e Nordeste buscam recursos em Brasília

Encontro acontece nesta terça-feira, dia 4 de dezembro

Publicado em: 04/12/18 às 10:10

Por Redação


Encontro acontece nesta terça-feira, dia 4 de dezembro (Crédito: Divulgação)

Os governadores do Norte e Nordeste estarão desembarcando neste dia 4 em Brasília, para acompanhar de perto as votações sobre a dívida ativa dos municípios e também para uma reunião com o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), para tratar sobre os fundos partidários dos estados e municípios.

De manhã, os governadores se reunirão, na representação do Ceará, na capital federal. A informação foi confirmada pela assessoria do governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que é o coordenador do grupo do Nordeste. Todos os temas se referem à partilha de recursos da União com estados e municípios.

+ Pontos comerciais são destruídos por incêndio na capital

A União precisa parar com esta concentração permanente de receita e quebra do pacto federativo. Na última semana foram aprovadas urgências e avançamos nos entendimentos e agora vamos cuidar de, por acordo, viabilizar a votação. Se a União precisa de receitas, imagine quem está lá na ponta cuidando das demandas do povo”, disse Wellington Dias, em nota divulgada pela assessoria.

Na Câmara, os governantes devem acompanhar a votação do Projeto de Lei Complementar (PLP 459), que trata da securitização da dívida ativa. O texto autoriza a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios a cederem, com ônus, os direitos originados de créditos tributários e não tributários, inclusive inscritos em dívida ativa.

Em um comunicado, a assessoria do governador do Piauí informou que o projeto “estabelece uma forma moderna de combater a sonegação e gera receitas para déficit da previdência e investimentos”. Segundo o texto, o projeto conta com interesse dos estados, municípios e a União.

Um outro tema que interessa aos governadores é o Projeto de Lei Complementar (PLP 10.985), que trata da regulação da cessão onerosa de gás e petróleo.

A cessão onerosa trata de um contrato firmado em 2010, em que o governo cedeu uma parte da área do pré-sal para a Petrobras, que teve o direito de explorar 5 bilhões de barris de petróleo. Com a descoberta de volume maior de petróleo na área, o governo irá vender o excedente da área.

No Senado, a prioridade dos governadores é acompanhar a votação do projeto que trata do bônus de assinatura, complemento da cessão onerosa de gás e petróleo. O objetivo é a participação dos estados e municípios na receita com pagamento do bônus de assinatura após os leilões.

São projetos maduros e governadores, de diferentes partidos e regiões do país, e prefeitos, unidos, queremos apenas que seja cumprida a regra da Constituição Federal de partilha destas receitas”, informa o comunicado, divulgado pela assessoria do governador do Piauí.

Os governadores também deverão se reunir com o ministro Ricardo Lewandowski, relator de três ações no Supremo Tribunal Federal (STF), sobre os fundos de participação dos municípios e dos estados. Já houve audiência de conciliação e foi concedido prazo de 15 dias para Governo Federal abrir informações sobre as receitas partilhadas com estados e municípios.

Wellington Dias disse, no comunicado divulgado pela assessoria, que a expectativa é que ocorra o julgamento no STF.

*Com informações de assessoria


Covid-19: Mudança no sistema causa “confusão” no número de casos suspeitos em Alagoas

Desde a mudança, os municípios como União dos Palmares, por exemplo, ficaram impedidos de notificar ao núcleo responsável pela atualização do Boletim do CIEVS, sobre novos casos. 

Há 33 minutos atrás | Redação

Semarh emite alerta de possível inundação em Santana do Ipanema

O nível do Rio Ipanema está apenas 81 cm abaixo da cota de inundação, que é de 445 cm

Há 2 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Ministro da Alemanha comete suicídio preocupado com o coronavírus

Schaefer, de 54 anos, era casado e pai de dois filhos. Ele foi encontrado morto no sábado perto de uma via férrea.

Há 3 horas atrás | Redação

Coronavale: Pagamento de auxílio de R$600 deve ser votado hoje

Após aprovação no Senado Federal o projeto deve ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro

Há 3 horas atrás | Redação

Árvore cai e destrói parte do muro da Av. Monsenhor Clóvis em União

A árvore não resistiu as ações da chuva e dos fortes ventos que atingiram o município durante o fim de semana

Há 4 horas atrás | Redação

Covid-19: Polícia invade culto e prende pastor por descumprir decreto

Foram os vizinhos que ligaram para a polícia e registraram a denúncia, temendo a contaminação por coronavírus.

Há 16 horas atrás | Redação

Coronavírus: Sobe para 17 o número de casos em Alagoas

Em União dos Palmares, os 5 casos suspeitos de contágio por coronavírus seguem sem resultado, e por tanto, ainda estão sendo tratados como suspeitos.

Há 17 horas atrás | Redação

Quarentena: com 4 filhos e marido com fratura na perna, mãe pede ajuda

A família é da cidade de União dos Palmares, interior do estado de Alagoas

Há 2 dias atrás | Redação

Coronavale: cerca de 24 milhões de brasileiros poderão ser beneficiados

A medida pode sofrer alterações no Senado ou ser vetada pela presidência

Há 2 dias atrás | Johny Lucena | BR104

União dos Palmares registra o 5º caso suspeito do novo coronavírus

Dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde da cidade

Há 2 dias atrás | Redação