Três pessoas da mesma família morrem em chacina que deixou seis mortos

Uma pessoa ficou ferida e conseguiu sobreviver, sendo socorrida por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)


Publicado em: 20/05/19 às 9:37 por Redação | BR104 | Atualizado em 20/05/2019 às 9:37



Segundo a polícia, o crime — © Cid Vaz/TV Bahia

Lauro de Freitas – Uma chacina na cidade de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, deixou seis pessoas mortas na noite de sábado (18). Dentre os mortos, três eram da mesma família. Segundo a polícia, o crime pode ter sido motivado por disputa de território entre facções criminosas rivais, que atuam naquela região.

A delegada Quitéria Maria Neta, que apura o caso, informou que quatro homens a bordo de um carro atiraram, primeiro, em Pablo Ferreira dos Santos, 15 anos, na Travessa Santo Antônio, por volta das 19h. Após balear o adolescente, o grupo seguiu com o veículo para a Rua Boca da Mata.

Ainda conforme a delegada, uma mulher os dois sobrinhos dela que estavam na porta de casa foram os alvos seguintes. As vítimas foram identificadas como Raimunda dos Santos, 35 anos, Raiane Santos, 12, e Guilherme da Silva, 19.

Durante a ação dos criminosos, também foram baleados Arthur Moreira, 23, e Rogério da Silva, 36 anos. Uma pessoa ficou ferida e conseguiu sobreviver, sendo socorrida por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Na manhã desse domingo (19), o que se via era apenas as marcas dos tiros na frente de alguns imóveis. Moradores ficaram amedrontados. Não há informações sobre motivação e autoria do crime. O caso é investigado pela 34ª Delegacia de Portão.

+ Após denúncias, 2º BPM registra prisão por tráfico de drogas em União dos Palmares

Suspeitos mortos em troca de tiro

Três suspeitos envolvimento na chacina foram mortos em confronto com a polícia no final da tarde desse domingo (19), informou a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

De acordo com a SSP, os suspeitos foram localizados por equipes da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar e da Rondesp RMS na região conhecida como Lagoa dos Patos, após uma denúncia anônima informando o paradeiro deles.

Com os suspeitos, a polícia encontrou duas pistolas calibres 9mm, mesmo tipo de arma utilizada nas mortes, e um revólver calibre 38. Apenas um deles foi identificado, trata-se de Robson Rodrigues dos Santos. Os outros dois ainda seguem sem identificação.

Outra chacina

11 pessoas foram mortas em uma chacina dentro um bar no bairro do Guamá, em Belém, na noite desse sábado (18). Segundo a polícia, uma pessoa ficou ferida e está sob proteção policial. O crime aconteceu por volta das 16h.

Testemunhas informaram que sete homens encapuzados chegaram em uma moto e três carros e dispararam contra as vítimas. Quase todas foram baleadas na cabeça, segundo o secretário de segurança pública do Pará, Ualame Machado.

Dentre os mortos, 6 são mulheres e 5 são homens. Sete pessoas já foram identificadas, mas o nome e a idade das vítimas não foi divulgado. Conforma a polícia, outras pessoas que estavam no momento da chacina conseguiram fugir.