publicidade
publicidade
Polícia

Operação contra o tráfico de drogas cumpre 39 mandados em Murici

Até o momento, não há informação sobre o número de detenções e de materiais recolhidos.

Publicado:


Operação mobilizou agentes da força de segurança pública | © SSP/AL
Operação mobilizou agentes da força de segurança pública | © SSP/AL

Murici está sendo alvo de uma operação policial deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL), na manhã desta quinta-feira (13/01), cujo objetivo é desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas.

Denominada de Parabellum, a ação cumpre 18 mandados de prisão e 21 de busca e apreensão, que foram expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. Até o momento, não há informação sobre o número de detenções e de materiais recolhidos.

A operação é fruto de um trabalho investigativo realizado pela Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), da Polícia Civil, que foi realizada de forma integrada com o 2º Batalhão da Polícia Militar e o 116° Distrito Policial de Murici.

Ao longo das investigações, foi constatado que a organização criminosa levava drogas de Maceió para comercializar em Murici, mais precisamente nas ruas Gastão Tenório, Jardim Horizonte, Pedro Jaqueira e Cajueiro, que ficam na região central da cidade.

O nome da operação “Parabellum” tem origem no latim, que deriva da expressão “si vis pacem, para bellum”, que em tradução livre quer dizer “Se quer paz, prepare-se para a guerra”, isso porque os integrantes desta organização estavam se preparando para disputar territórios com grupos rivais e assim ganhar o domínio do tráfico de drogas na cidade.

*Com informações da SSP/AL
veja também

Candidata a Deputada Federal Lérida Lobo | © Reprodução
Polícia
Confronto entre BOPE e suspeitos de atentado contra Lérida Lobo, deixa dois baleados

Os suspeitos feridos foram socorridos e levados para a UPA de Palmeira dos Índios. Haviam 3, mas o outro conseguiu fugiu.


Alison Miranda da Silva - @reprodução
Polícia
Preso de União dos Palmares que foragiu do presídio é recapturado após troca de tiros

Alison Miranda da Silva aguarda julgamento pelo crime de homicídio contra Uelinton Bezerra da Paz, em 2016


Presídio do Agreste fica em Girau do Ponciano, interior de Alagoas — Foto: Jorge Santos/Seris
Polícia
Busca por foragidos do presídio tem um morto e quatro recapturados até o momento

Entre os criminosos que ainda não foram recapturados está o preso João Paulo Santos, conhecido como Satanás.


Satanás
Polícia
Foragido: Satanás tentou matar o deputado Nivaldo Albuquerque

Essa não é a primeira vez que ele foge do presídio, em 2017, Satanás conseguiu escapar de um presidio de segurança máxima em Maceió


José Rendrikson Barbosa Vilar
Polícia
Foragido: Rendrikson Barbosa matou inimigo com golpes de enxada

A vítima foi atingida por disparos de arma de fogo pelas costas, e em seguida, os criminosos usaram sua própria enxada e o atingiram com golpes na cabeça