publicidade
publicidade
Polícia

Homem é preso por violência sexual e psicológica contra seis pessoas da mesma família

Segundo a polícia, a família vivia em situação extrema de vulnerabilidade e sujeita aos abusos praticados pelo investigado.

Publicado:


Imagem ilustrativa de abuso contra criança | © Reprodução
Imagem ilustrativa de abuso contra criança | © Reprodução

Um homem de 40 anos foi preso preventivamente, na última quinta-feira (07/10), acusado de estuprar seis pessoas da mesma família, na cidade de Rosário. Ele é suspeito de abusar sexualmente da cunhada, enteada, sogra e todos os seus filhos.

A prisão teve como base provas apuradas pela Delegacia Especializada da Mulher de Rosário, em especial nos depoimentos das vítimas e no relatório social elaborado pela equipe técnica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Conforme o relatório, a família vivia em situação extrema de vulnerabilidade e sujeita aos abusos praticados pelo investigado. Segundo a delegada Tatyani Fraga, a cunhada do suspeito, irmã da esposa dele, acabou engravidando e doou a criança.

“Também foi violentada a filha dessa cunhada, que foi a primeira ouvida e relatou que o homem estuprava a mãe dela, a prima, que também engravidou dele. A prima, que é enteada do agressor, confirmou a gravidez e que tinha abortado recentemente”, relatou Fraga.

“Foi relatado que um dos meninos da casa também havia sido estuprado pelo autor e chegou até a adoecer, não conseguia andar direito. A gente apurou que ele se achava o homem da casa e que todas as pessoas que estavam ali deveriam servir a ele como ele quisesse”, completou.

Além dos abusos, as vítimas sofriam violência física e psicológica. Em depoimento, o homem negou os estupros e alegou que era um excelente marido, e disse ainda não ter conhecimento da gravidez da cunhada mesmo com ambos morando juntos.

Ainda segundo a polícia, foi possível constatar a gravidade dos crimes devido ao número de vítimas e pelo modo como o homem praticava as ações, justificando o ato devido ao vínculo familiar, o qual possui com as vítimas, e por conviverem na mesma residência, para praticar os abusos sexuais de forma continuada e no ambiente doméstico.

*Com informações de Agências
veja também

Cícero da Silva foi morto a tiros pelo genro em União dos Palmares | © Reprodução
Polícia
Polícia continua buscas por suspeito de assassinar o sogro em União dos Palmares

O crime aconteceu na noite da última terça-feira (12) na localidade conhecida como rua dos Carroceiros.


Mulher agredida pelo marido - imagem ilustrativa
Brasil
Em briga por bicicleta, homem joga óleo quente na mulher

A mulher teve queimadura de primeiro grau no pescoço e no braço


Material apreendido pela Polícia Militar | © PMAL
Polícia
Vereador é preso após atirar no meio da rua no interior de Alagoas

Um homem de 33 anos, que estava com o parlamentar, também foi preso. O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (11).


Entrada do município de Messias | © Reprodução
Polícia
Confusão durante bebedeira termina com dois homens feridos em Messias

Uma das vítimas, de 24 anos, foi atingida por disparos de arma de fogo, e a outra, de 38 anos, foi ferida por golpes de faca.


Irmãos foram assassinados a tiros na localidade conhecida como Beco do Urubu | © Reprodução
Polícia
Veja quem foram os irmãos mortos a tiros em União dos Palmares

Os dois foram assassinados no último sábado (9) e ainda não há informações sobre a autoria ou motivação do crime.