publicidade
publicidade
Polícia

Após inserir cabo de vassoura na vagina da esposa, acusado nega ter cometido o crime

O delegado evidencia que as palavras ditas em seu depoimento não convence e que ele não possui um álibi

Publicado: | Atualizado em 20/12/2018 06:38


Imagem Ilustrativa (Crédito Gustavo Lopes/Br104)
Imagem Ilustrativa (Crédito Gustavo Lopes/Br104)

São Luís do Quitunde – Manoel Messias Gonçalo da Silva, acusado de estuprar a própria esposa e introduzir um cabo de vassoura em sua vagina, nega veementemente que cometeu tamanha barbaridade. Ele prestou depoimento ao delegado Alexandre César, no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de São Luís do Quitunde, onde ainda permanece detido.

+ Polícia prende acusada de ter planejado assassinato de PM em Marechal Deodoro

Apesar da negar o ocorrido, o delegado disse que ele não apresentou nenhum argumento ou informação que aponte outro autor deste crime, que chocou não só a cidade do interior alagoano, mas também como todo estado.

O delegado evidencia que as palavras ditas em seu depoimento não convence e que ele não possui um álibi. Resta agora a Alexandre César aguardar a entrega dos laudos médicos para dar andamento ao inquérito policial.

veja também

Dinheiro recuperado do Padre | © Reprodução
Polícia
Jovem rouba R$ 30 mil de padre e distribui parte do dinheiro para a população

O suspeito foi preso e a polícia recuperou os R$ 20 mil que ainda estavam dentro do veículo.


HGE | © Reprodução
Alagoas
Jogador do FF Sport é ferido a golpes de faca por dirigente do clube

O time disputa a Segunda Divisão do Campeonato Alagoano.


Viatura da Polícia Civil | © PCAL
Operação
Operação combate abuso sexual contra crianças e adolescentes em AL e mais 12 estados

Além dos estados brasileiros, outros seis países realizam a operação cumprindo mandados de busca e apreensão.


Hospital Regional da Mata | © Alyson Santos
Polícia
Segunda vítima de atentado no Newton Pereira segue internada no HRM

De acordo com informações, ela teve que passar por procedimentos cirúrgicos.


Veículo apreendido | © PRF/AL
Polícia
Carro roubado há 7 meses é recuperado pela PRF em União dos Palmares

O proprietário informou que havia adquirido em um aplicativo, mas não tinha nenhum documento que comprovasse a aquisição.