‘Festival Nacional de Jericos de Panelas’ é realizado em meio à polêmica

Devido à pandemia, o evento aconteceu de forma online, entre os dias 30 de abril e 1º de maio.

Publicado em: 03/05/21 às 15:41 | Atualizado em 03/05/2021 15:42
Por Gustavo Lopes | BR104


Serra da Bica, local onde ocorreu a 47ª edição do 'Festival Nacional de Jericos de Panelas' — © Eugênio de Lima
Serra da Bica, local onde ocorreu a 47ª edição do 'Festival Nacional de Jericos de Panelas' — © Eugênio de Lima

Na última sexta-feira (30/04), o município de Panelas, no Agreste de Pernambuco, voltou a realizar o Festival Nacional de Jericos, que não ocorreu em 2020 devido à pandemia do novo coronavírus. Neste ano o evento aconteceu, mas foi transmitido pela internet.

Entretanto, a 47ª edição do festival se tornou polêmica no quesito organização. O Movimento Cultural – grupo da sociedade civil organizada do município – havia apresentado uma ideia ao Poder Executivo. O projeto seria realizar junto ao festival uma live solidária com o objetivo de arrecadar alimentos para a população carente.

A reportagem apurou que, inicialmente, o prefeito Ruben Lima (PSB) não recepcionou o projeto, mas por causa da iniciativa do vereador Pierre Logan (PSB) em anunciar o evento na emissora de rádio local, a gestão municipal decidiu promover o evento. Foram realizadas duas reuniões para chegar a um consenso. No entanto, não houve nenhum acordo.

Assim o 47º Festival Nacional dos Jericos teve duas organizações: a Prefeitura de Panelas de um lado e o Movimento Cultural do outro. A população teve duas transmissões, escolhendo a que mais lhe interessasse: uma no canal oficial da Prefeitura no YouTube e outra pela TV Panelas em parceria com o Movimento Cultural.

Em conversa com o vereador Pierre, o parlamentar falou que não houve nenhuma briga com o prefeito Ruben Lima, mas sim uma falha na comunicação, algo reconhecido pelo chefe do poder executivo.

Sobre a importância do festival

“Se a corrida de Jericos que já não existiu em 2013, não existiu em 2020, aí em 2021 você também não faz, você corre o risco de não chamar mais isso de tradição. A ideia que aconteça é pra registrar o acontecimento da festa pra que fique registrado na memória do povo”, disse o vereador Pierre sobre cultivar a tradição local. O vereador está apresentado a live do Movimento Cultural.

O coordenador de cultura do município, Roberdan, falou que um dos objetivos da Prefeitura em realizar o evento, seria valorizar os artistas locais que têm sofrido muito financeiramente com a pandemia. Ele ressaltou também que em 2022, se a pandemia tiver chegado ao fim, Panelas estará de braços abertos aos turistas alagoanos e que também haverá a transmissão do evento para quem não puder estar presente.

O radialista Valderlins que apresenta os shows em várias edições, falou sobre sua expectativa com relação ao Festival 2021: “Está sendo desafiador, mas muito agradável em poder colaborar com essa forma nova, moderna, que, infelizmente, forçada por esse momento limitador que a gente tem vivido com essa pandemia, mas é agradável voltar a enaltecer a cultura de Panelas, dessa região de Pernambuco”.

História

O Festival Nacional de Jericos é um dos eventos mais tradicionais da cidade de Panelas. A atração principal é a corrida de jericos, nome dado aos jumentos. Este festival foi idealizado pelo professor de Ensino Fundamental Luélcito Cintra em 1973. O objetivo era alertar as autoridades para a matança do animal que acontecia na época. O evento ocorre anualmente em maio, no feriado nacional do Dia do Trabalhador, e produz uma boa renda para a população local devido aos turistas de todo o Brasil que vêm prestigiar o festival.

*Com Eugênio de Lima

Moradores de bairros de União dos Palmares ainda sofrem com falta de água

Desde o último domingo (02/05), os municípes sofrem com um duro desabastecimento, provocado por uma sequência de problemas na Estação de Tratamento do SAAE.

Há 3 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Adelson Andrade: Alagoas vai vacinar presos?

A decisão do governador de Alagoas foi discutida pelo colunista do portal BR104 no podcast desta sexta-feira (7).

Há 3 horas atrás | Johny Lucena

Maceió tem novo cronograma de vacinação contra a Covid-19

O novo calendário anunciado pelo gestor servirá para sexta-feira (7), sábado (8) e domingo (9).

Há 4 horas atrás | Johny Lucena

Governador anuncia prorrogação das medidas restritivas em Pernambuco

Segundo o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 no Estado, a decisão foi motivada pelos indicadores da doença que permanecem em estabilidade, mas com patamares ainda elevados.

Há 4 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Bebê dorme nos braços de PM durante ocorrência de maus-tratos em Alagoas

O caso ocorreu no bairro Cidade Universitária, em Maceió. Quatro crianças e uma adolescente viviam em casa com um ambiente insalubre.

Há 4 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Horóscopo desta sexta-feira (07/05) para o seu signo

No horóscopo de hoje, devido a tensão Lua-Marte os signos precisarão ter domínio de suas reações diante das dificuldades. 

Há 5 horas atrás | Redação

Ocupação de UTI para Covid-19 em Alagoas cai para 70%

Santana do Ipanema é o município de Alagoas com maior taxa de ocupação de leitos de UTI/COVID, com 93% dos leitos ocupados.

Há 5 horas atrás | Redação

Idosa é atropelada por motociclista na Av. Monsenhor Clóvis, em União

As testemunhas relataram que o condutor ainda parou e tentou prestar socorro à vítima, mas por medo de represália ele deixou o local.

Há 5 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Caixa libera saque do auxílio emergencial para os nascidos em junho

O valor havia sido depositado nas contas digitais dos beneficiários desde o dia 18 de abril.

Há 6 horas atrás | Johny Lucena

Mega-Sena 2.369: Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 20 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.369 da Mega-Sena nesta quinta-feira (6). Como não houve ganhadores, o valor acumulou.

Há 6 horas atrás | Redação