Ex-funcionário acusa Lionel Messi por fraude e lavagem de dinheiro

O jogador está sendo acusado de um suposto delito na financia pública da Espanha


Publicado em: 06/06/19 às 13:57 por Johny Lucena | BR104 | Atualizado em 06/06/2019 às 14:17



Lionel Messi é acusado de fraude e lavagem de dinheiro — © Pedro EPA/Alejandro Garcia

Lionel Messi é sem duvida um dos melhores atacantes do mundo, e está sendo acusado junto a seu pai e sua fundação por um suposto delito na financia pública.  Acompanha na denuncia “fraude e lavagem de dinheiro” na Espanha. A denuncia foi feita por um ex-funcionário da instituição do jogador.

O ex-funcionário é argentino e se chama Federico Rettori. Segundo informações, ele já havia feito algo semelhante no ano passado na Argentina. Ao que se sabe, uma investigação preliminar está em andamento por uma suposta evasão fiscal agravada junto a um possível desvio de dinheiro para paraísos fiscais. As informações constam que nem o jogador Messi, nem o seu pai Jorge Messi, estão sendo investigados até o momento.

+ Mauro Naves é afastado da Globo por interferência no caso Neymar

De acordo com o levantamento da AFP (agência de notícias francesas), os documentos até aqui analisados demonstraram que os fundos arrecadados deveriam ter origem destinadas a ações sociais, ao contrário disso, está sendo desviado.

Ainda sobre os levantamentos investigativos a Fundação Leo Messi Argentina, foi criada no ano de 2009, e ao longo dos nove anos de existência “não foram apresentados relatórios e balanços”, à Inspeção de Pessoa Jurídicas (IGPJ).

Porém, em 2016 o jogador argentino foi condenado por fraude fiscal na Espanha, o que chegou a lhe custar uma multa de 2 milhões de euros e uma pena de 21 meses de prisão, o que posteriormente se tornou em uma sanção suplementar de 252.000 euros.