Mundo

Diarista brasileira é morta pelo companheiro com facada no pescoço nos EUA

Elidênia tinha se mudado para os Estados Unidos há quatro anos para trabalhar como diarista.

Publicado:


Elidênia Jorge da Silva, de 43 anos | @ Arquivo pessoal
Elidênia Jorge da Silva, de 43 anos | @ Arquivo pessoal

Uma brasileira, identificada como Elidênia Jorge da Silva, de 43 anos, natural de Goiás, foi encontrada morta com uma facada no pescoço, na cidade de Richmond, na Califórnia, nos Estados Unidos, onde ela morava há quatro anos. O principal suspeito é o companheiro dela, também brasileiro, que está sendo procurado pela polícia local.

Segundo informações, o corpo de Elidênia foi encontrado já com sinais de inchaço na última quinta-feira (4/7) por sobrinhos, que precisaram invadir a casa dela para conseguirem entrar. De acordo com eles, a tia não respondia as mensagens desde terça-feira (2).

No quarto da vítima, os sobrinhos encontraram uma camiseta do companheiro dela manchada de sangue, e as demais roupas dele não estavam mais no guarda-roupa, o que sugere fuga.

Ainda segundo informações, a brasileira já tinha sofrido agressões do suspeito, pois ele era muito ciumento. O homem teria sido preso duas vezes por ter agredido a vítima.

Elidênia tinha se mudado para os Estados Unidos há quatro anos para trabalhar como diarista.

 


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Suzan Christian Barbosa Ferreira, de 42 anos, foi encontrada morta nos EUA | @ Redes Sociais
Mundo
Suspeito de assassinar brasileira encontrada sem roupas nos EUA é preso

A vítima foi encontrada morta e sem roupas às margens de uma rodovia, nos Estados Unidos.


Vitima de agressão - @Reprodução
Mundo
Comissária denuncia marido por agressão em Dubai e acaba presa

Seu marido, acusado de agressão, permanece livre.


Juliana Turchetti, de 45 anos, era bombeira florestal | @ Reprodução
Mundo
Piloto brasileira morre em avião durante combate a incêndio nos EUA

Juliana era uma bombeira florestal, que trabalhava para a empresa Dauntless Air.


Suzan Christian Barbosa Ferreira, de 42 anos, foi encontrada morta nos EUA | @ Redes Sociais
Mundo
Brasileira é encontrada morta e sem roupas em rodovia nos EUA

Segundo informações da polícia de Detroit, a principal suspeita é de crime sexual.


Mulher com o vinho derramado - @Reprodução
Mundo
Por vingança, ex-funcionária derrama 60 mil litros de vinho e causa prejuízo milionário

A investigação revelou que a mulher detida havia sido demitida dias antes do incidente.