publicidade
publicidade
Meio Ambiente

Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas

Ação foi realizada pelo ICMBio, IMA e o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA). Suspeitos foram autuados e aves silvestres apreendidas

Publicado: | Atualizado em 15/09/2020 15:19


publicidade
publicidade

Na semana passada, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), com o apoio do Instituto do Meio Ambiente (IMA) e do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), realizou uma operação de combate à caça e venda de animais silvestres em Alagoas.

A operação de fiscalização teve início na última terça-feira (08/09) e terminou na tarde dessa segunda (14/09). A ação foi realizada em cinco municípios do estado, foram eles: Murici, Messias, União dos Palmares, São José da Laje e Flexeiras.

Seis pessoas foram presas em flagrantes. Fora apreendidas ainda 172 aves, além de tatus, carcaças de animais silvestres, um quati, um tamanduá-mirim, um porco do mato e uma paca. Mais de duzentas gaiolas e outras armadilhas foram destruídas e espingardas foram apreendidas.

Analista ambiental do ICMBio, Freitas destaca que a fiscalização é um trabalho permanente e que as ações vêm reduzindo a caça dentro da Estação Ecológica (Esec) de Murici. Ele ressalta que durante a fiscalização, os moradores também são orientados com relação à cultura de pássaros silvestres em gaiolas.

O ICMBio realizou a soltura de alguns animais, mas outros necessitaram ser encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), para receber cuidados da equipe multidisciplinar do IMA e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) até que desenvolvam condições de reintrodução à natureza.

Manter animais silvestres em cativeiro pode gerar autuação

O destino dessas aves, vítimas de caçadores, seria a venda no mercado ilegal. Tanto vendedores, quanto compradores podem ser considerados infratores, traficantes e colaboradores, podendo sofrer pena de detenção de seis meses a um ano, além de ter que responder processo administrativo e pagar multa.

É o que diz a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, qual determina que é crime ambiental ter em cativeiro espécimes da fauna silvestre nativa sem a devida licença do órgão ambiental competente.

Aqueles que pretendem criar pássaros silvestres devem adquirir o animal de criadouros autorizados e solicitar a licença do Sistema de Controle e Monitoramento da Atividade de Criação Amadora de Pássaros (SisPass). Esta autorização é concedida apenas para pessoa física, maior de 18 anos, e sem finalidade comercial.

Vale ressaltar que, por lei, a autorização só é válida para aves nativas do Brasil.

Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia

Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia

New layer

Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
Operação conjunta combate caça e venda de animais silvestres em Alagoas — © Cortesia
veja também

Projeto
Meio Ambiente
Viveiro de mudas une educação ambiental e empreendedorismo em assentamento alagoano

A experiência une educação, preservação ambiental e empreendedorismo para jovens e crianças do assentamento Santa Cruz do Riachão, do município de Matriz de Camaragibe.


Alunos realizaram o plantio de mudas de espécies nativas da flora local | © PMAL
Meio Ambiente
Alunos de escola em Atalaia participam de atividades alusivas ao Dia da Árvore no BPA

Durante a ação, foram ministradas aulas sobre a fauna e a flora e foi promovido o plantio de mudas de árvores nativas.


Jornalista Genisete Lucena e Marcos Diniz, Técnico de Gerência de Fauna do IMA | © BR104
Meio Ambiente
Vídeo: Expedição do BR104 mostra impacto da devastação da Serra do Frios

O objetivo do documentário é apresentar o tamanho da devastação que tem sido feita no espaço ao longo dos anos, assim como as causas, e propor possíveis soluções para o problema.


Jiboia retorna para o semiárido — © Ascom IMA
Meio Ambiente
Dia da Caatinga: IMA de Alagoas celebra data com soltura de animais

As espécies foram levadas ao sertão do Estado após receberem cuidados no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas).


Material apreendido durante operação conjunta em áreas de proteção ambiental — © Cortesia
Meio Ambiente
BPA apreende armas e pássaros silvestres durante ação conjunta em Alagoas

Seis pessoas foram presas por porte ou posse ilegal de arma de fogo. Ação ocorreu entre os dias 20 e 30 de dezembro de 2020, na APA de Murici.