publicidade
publicidade
Meio Ambiente

Embalagem que pode ser consumida por peixes ganha espaço no mercado mundial

A ideia sustentável tem como objetivo diminuir o impacto negativo ao meio ambiente

Publicado: | Atualizado em 27/01/2020 09:13


Biólogo cria sacola que vira comida de peixe — Reprodução
Biólogo cria sacola que vira comida de peixe — Reprodução
publicidade
publicidade

Meio Ambiente  — A iniciativa não é nova, mas vem se popularizando ao redor do mundo devido a ampliação do projeto sustentável criado pelo biólogo Kevin Kumala, da Indonésia. Ele desenvolveu uma embalagem com as mesmas características das de plásticos, mas que podem ser consumidas por peixes caso venham parar nas águas marítimas.

A ideia do biólogo surgiu logo após seu retorno dos Estados Unidos a Bali, ilha onde foi criado. Ao chegar em seu local de origem ele se deparou com um grande acúmulo de lixo e resolveu iniciar a ideia sustentável.

Outros produtos também foram criados por Kumala. “Sacolas, canudos, talheres, copos e embalagens”, todos com os mesmos aspectos de plásticos, porém, em sua mátria-prima existe o tubérculo produto que não prejudica o meio ambiente.

+ Vai comprar o material escolar? Não compre esses itens

A ideia deu origem a empresa Avani Eco, criada em 2014 pelo biólogo, além da sustentabilidade os produtos tem um tempo de decomposição de 100 dias, bem diferente dos 400 anos que os plásticos comuns comercializados no dia a dia tem para se decomporem.

O site da empresa informa que desde 2016 ela já substituiu cerca de três toneladas dos produtos consideráveis não sustentáveis.

“Nós buscamos continuamente nos tornar uma ponte para ajudar e encorajar comunidades e negócios a produzirem iniciativas que gerem um impacto sustentável para o meio ambiente. Encorajando o uso do termo ‘responsável’ como um valor central dos três fatores chave: reduzir, reutilizar, reciclar”, relata o site da empresa.

De acordo com estudos, estimasse que até 2050 será produzido no mundo 33 bilhões de toneladas de plásticos não sustentáveis, o que preocupa a humanidade por conta do impacto que esses produtos tem causado ao meio ambiente.

veja também

Projeto
Meio Ambiente
Viveiro de mudas une educação ambiental e empreendedorismo em assentamento alagoano

A experiência une educação, preservação ambiental e empreendedorismo para jovens e crianças do assentamento Santa Cruz do Riachão, do município de Matriz de Camaragibe.


Alunos realizaram o plantio de mudas de espécies nativas da flora local | © PMAL
Meio Ambiente
Alunos de escola em Atalaia participam de atividades alusivas ao Dia da Árvore no BPA

Durante a ação, foram ministradas aulas sobre a fauna e a flora e foi promovido o plantio de mudas de árvores nativas.


Jornalista Genisete Lucena e Marcos Diniz, Técnico de Gerência de Fauna do IMA | © BR104
Meio Ambiente
Vídeo: Expedição do BR104 mostra impacto da devastação da Serra do Frios

O objetivo do documentário é apresentar o tamanho da devastação que tem sido feita no espaço ao longo dos anos, assim como as causas, e propor possíveis soluções para o problema.


Jiboia retorna para o semiárido — © Ascom IMA
Meio Ambiente
Dia da Caatinga: IMA de Alagoas celebra data com soltura de animais

As espécies foram levadas ao sertão do Estado após receberem cuidados no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas).


Material apreendido durante operação conjunta em áreas de proteção ambiental — © Cortesia
Meio Ambiente
BPA apreende armas e pássaros silvestres durante ação conjunta em Alagoas

Seis pessoas foram presas por porte ou posse ilegal de arma de fogo. Ação ocorreu entre os dias 20 e 30 de dezembro de 2020, na APA de Murici.