Maceió

Servidores encontram rato morto em pães enviados ao sistema prisional de Maceió

Vice-presidente do Sindapen denuncia que situação do sistema é insustentável e cobra o pagamento do auxílio alimentação para que o próprio servidor compre sua alimentação

Publicado: | Atualizado em 25/11/2019 07:26


Rato encontrado em pães servidos no sistema prisional de Alagoas — © Sindapen/AL
Rato encontrado em pães servidos no sistema prisional de Alagoas — © Sindapen/AL

Maceió — Na manhã deste sábado (23), servidores da penitenciária encontraram um rato morto em cima de pães que foram enviados ao Sistema Prisional do Estado, em Maceió. O descaso foi denunciado pelo vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen), Klayton Anderson.

“Reiteradas vezes mostramos imundices e nojeiras como a dessa vez, onde um rato morto amanheceu entre os pães e que foram entregues agora pela manhã deste sábado aos servidores de um presídio da capital”, esclarece o vice-presidente do Sindicato.

Segundo Klayton, os pães que são servidos para os presos são os mesmos que são disponibilizados para os servidores, e cobra cobra do Governo do Estado um acordo de pagamento do auxílio alimentação para que o próprio servidor compre sua alimentação, pois a situação do sistema é insustentável.

“Não admitiremos mais ser tratados como lixo. Pois trabalhamos com excelência e entregamos ao governo o melhor sistema penitenciário do país, mesmo diante de tantas dificuldades como exemplo o baixo efetivo”, declarou.

Em nota, a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou que já apurando o caso e que, por medida preventiva, suspendeu a distribuição dos alimentos e os substituiu por biscoitos, “de modo que nenhum reeducando deixou de fazer sua refeição matinal”.

A Seris esclarece ainda que cumpre “rigorosamente todos os procedimentos necessários de higienização, manipulação e conservação dos alimentos fornecidos no sistema prisional alagoano, reforçando, dessa forma, seu compromisso com a saúde de servidores e custodiados”.

Confira a nota na íntegra:

“A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informa já apurar de que forma um roedor fora encontrado, na manhã deste sábado (23), entre os pães que seriam distribuídos a reeducandos do Presídio Masculino Cyridião Durval e Silva, em Maceió.

A suspeita é a de que o animal, que se encontrava morto, tenha acessado o recipiente usado na distribuição do alimento durante o procedimento de contagem dos pães, antes do transporte destes à referida unidade prisional.

Como medida preventiva, o setor de nutrição da secretaria suspendeu a distribuição de todos os pães, substituindo-os por biscoitos, de modo que nenhum reeducando deixou de fazer sua refeição matinal.

Outrossim, a Seris esclarece cumprir rigorosamente todos os procedimentos necessários de higienização, manipulação e conservação dos alimentos fornecidos no sistema prisional alagoano, reforçando, dessa forma, seu compromisso com a saúde de servidores e custodiados”.

Rato encontrado em pães servidos no sistema prisional de Alagoas — © Sindapen/AL

Rato encontrado em pães servidos no sistema prisional de Alagoas — © Sindapen/AL


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Laura Lima relatou o ocorrido em seu perfil no Instagram | @ Reprodução
Maceió
Mãe de autista diz que filho foi impedido de brincar com o pai em espaço de brinquedos de shopping

Segundo Laura Lima, uma funcionária não entendeu a necessidade do seu filho de brincar com o pai para conseguir socializar e se divertir.



Cemitério Nossa Senhora da Piedade, no bairro do Prado — © Ascom Sudes
Maceió
Sem vagas em cemitério, Maceió tem 120 corpos acumulados no IML

Segundo a promotora de Justiça, Karla Padilha, a imensa maioria dos corpos são de indigentes


Barra de ferro atingiu ombro de mulher em Maceió | @ Reprodução
Maceió
Mulher é ferida após barra de ferro se soltar de um prédio em construção, em Maceió

Segundo informações, a vítima estava passando pela calçada no momento em que o objeto caiu sobre ela.


Navio-Veleiro Cisne Branco | @ Marinha do Brasil
Maceió
Navio-Veleiro ‘Cisne Branco’ está aberto à visitação no Porto de Maceió

As visitas podem ser feitas das 12h às 17h deste sábado (16), e das 10h às 17h deste domingo (17).