Maceió

Menino de 4 anos morre após passar mal durante atividade escolar, em Maceió

Ele completaria cinco anos nesta terça-feira (28), dia em que foi velado.

Publicado: | Atualizado em 29/05/2024 15:53


Anthony morreu durante uma atividade escolar
Anthony morreu durante uma atividade escolar

Uma criança, de quatro anos de idade, morreu após passar mal durante uma atividade na escola em que estudava, em Maceió, na última segunda-feira (27/5). O menino completaria cinco anos nesta terça-feira (28), dia em que foi velado.

Segundo informações veiculadas na imprensa alagoana, Anthony teria acordado bem no dia e ido para a escola normalmente. Durante uma atividade escolar, ele teria se queixado para uma professora, dizendo que não estava se sentindo bem. O menino ainda teria tentado voltar ao que estava fazendo, mas voltou a relatar mal estar.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed), a criança foi socorrida por professoras da própria unidade e levado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jacintinho. Ele recebeu atendimento médico, mas não resistiu e faleceu.

Foram realizados exames para identificar a causa da morte de Anthony. Os laudos devem ficar prontos em duas semanas. No entanto, a principal suspeita do Instituto de Medicina Legal (IML) é de morte por intoxicação devido à presença de uma substância estranha no suco gástrico.

Em nota, a Semed lamenta profundamente o ocorrido, e disse que tem acompanhado a família do menino desde o início.

Confira a nota na íntegra:

Consternada, a Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed) lamenta profundamente o falecimento, na manhã de segunda-feira (27), de Anthony Levy Nascimento dos Santos, de 4 anos, matriculado no CMEI Paulo Freire, localizado no Sítio São Jorge.

Anthony estava no CMEI quando passou mal e prontamente foi socorrido por professoras da própria unidade, para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) mais próxima, do Jacintinho, onde chegou a receber atendimento médico, mas não resistiu.

A equipe da Semed acompanhou a família de Anthony desde o início, tanto na UPA, quanto no Serviço de Verificação de Óbito (SVO) e, nesta terça-feira (28), no Instituto de Medicina Legal (IML), onde foram realizados exames para identificar a causa desta tragédia. Os laudos devem ficar prontos em duas semanas.

A Semed se solidariza com os familiares e reforça que segue à disposição, dando todo o suporte necessário.

 


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Mulher foi morta e marido ficou ferido | @ Reprodução
Maceió
Casal vítima de atentado estava na mira de facção criminosa, diz delegada

A delegada que investiga o caso acredita que "as vítimas estavam se escondendo", já que se mudaram três vezes nos últimos três meses.


Mulher foi morta e marido ficou ferido | @ Reprodução
Maceió
Mulher que foi morta na frente da filha travou discussão violenta com marido antes do crime

Uma testemunha contou à Polícia Civil que o casal brigava constantemente.


HGE | © Reprodução
Maceió
Mãe é morta na frente da filha de 4 anos em Maceió; criança passará por terapia

A vítima estava no sofá da própria residência quando foi atingida; ela morreu na hora.


Lucas Gouveia | @ Reprodução/Instagram
Maceió
Saiba quem era o gari que morreu atropelado por caminhão de lixo em Maceió

Lucas Gouveia se orgulhava do seu trabalho e era barbeiro nas horas vagas.


Lesões na vítima de um ano | @ Foto: Reprodução
Maceió
Laboratório confirma que menino de um ano morreu de meningite no HGE

Segundo o HGE, o paciente deu entrada na quinta-feira (11/7), com manchas na pele, febre e crise convulsiva.