publicidade
publicidade
Maceió

JHC acompanha ‘Caravana Magalu’ que teve pontapé inicial em Maceió

Capital alagoana é a primeira cidade a receber a ação que vai percorrer diversos municípios brasileiros nos próximos meses.

Publicado: | Atualizado em 20/05/2022 10:01


publicidade
publicidade
publicidade
Prefeito JHC e Luiza Trajano falaram sobre empreendedorismo e oportunidades para população | © Assessoria
Prefeito JHC e Luiza Trajano falaram sobre empreendedorismo e oportunidades para população | © Assessoria

O prefeito de Maceió, JHC (PSB), acompanhou nesta quinta-feira (19/05) o encontro com os empreendedores maceioenses que fazem parte das ações da ‘Caravana Magalu’, que teve o pontapé inicial em Maceió, a pedido do gestor.

A caravana vai percorrer diversos municípios do Brasil nos próximos meses para levar oportunidades e facilidades de vendas online aos pequenos varejistas brasileiros. O evento aconteceu no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no Jaraguá.

A ação iniciou em Maceió, devido ao momento econômico, de geração e renda, além das possibilidades que a capital alagoana tem proporcionado aos empreendedores. Ao lado da presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, Luiza Trajano, JHC destacou a força do empreendedorismo da empresa para proporcionar oportunidades.

“É uma satisfação enorme, estamos muito felizes por estar recebendo essa caravana que traz oportunidade, perspectiva para o varejista, que ainda não está incluso nas vendas online, no e-commerce. O marketplace da Magalu é muito forte e com isso, através dessa orientação, vão integrar essa plataforma que pode impulsionar as vendas. E por isso, a gente fica muito feliz, sobretudo também, pela força do empreendedorismo feminino na internet”, disse JHC.

O encontro reuniu os especialistas em comércio digital do país, para palestras sobre venda online e workshops, além de contar com a presença do CEO do Magalu, Frederico Trajano.

Em sua fala, Maria Luiza Trajano contou como sua história começou e frisou a importância dos empreendedores acreditarem no próprio potencial.

“Quero que cada um dos empreendedores aqui olhe para si e digam que também podem chegar onde eu cheguei. E para isso, o Magalu está aqui para ajudar vocês. Nós sabemos o quanto é duro crescer, por isso que estamos aqui hoje, oferecendo tanta coisa. Vocês podem contar conosco”, discursou.

O CEO do Magalu, Frederico Trajano, explicou que este é um momento muito especial, em que a empresa irá fazer uma caravana nacional, para digitalizar os pequenos e médios negócios brasileiros.

“Escolhemos Maceió para ser a primeira cidade a participar da caravana e estamos muito felizes. Estamos vendo a capacidade empreendedora dessa cidade, o trabalho da Prefeitura. Estamos animados, estamos sentindo uma grande receptividade e isso vai dinamizar o empreendedorismo em Maceió”, destacou Frederico.

*Assessoria
publicidade
veja também

Prefeitura de Maceió | © Assessoria
Maceió
Maceió: Escolas da rede municipal de ensino entram em recesso

Durante o período, demais servidores estarão realizando atividades nas unidades de ensino.


Central de Flagrantes | © Reprodução
Maceió
Homem é preso por tráfico de drogas durante festa de condomínio em Maceió

Ao chegar no local da festa, os policiais revistaram o suspeito que foi flagrado com 12 cartelas de rufinol e uma quantidade de maconha.


motorista de app é encontrado morto | © Reprodução
Maceió
Terceiro envolvido no assassinato de motorista de aplicativo se entrega a polícia

O delegado Thiago Prado explicou que a ação criminosa foi realizada por uma quadrilha especializada em roubos e latrocínios.


Enfermeira preparando dose de vacina | © Assessoria
Maceió
Covid-19: Maceió inicia aplicação da 4ª dose em pessoas a partir dos 40 anos

As doses estão disponíveis nos três pontos fixos e nas unidades de saúde da capital, devendo ser aplicada 120 dias após a dose de reforço.


Equipes monitoram terrenos baldios na Capital | © Assessoria
Maceió
Fiscalização em terrenos baldios intensificam combate ao Aedes aegypti em Maceió

Município já emitiu 43 notificações e mantém sob monitoramento mais de 2.300 terrenos.


publicidade