publicidade
publicidade
Maceió

Espaços de convivência em Maceió sofrem com vandalismo e furtos

Furto e depredação têm sido registrados em equipamentos públicos da cidade.

Publicado:


Assento do balanço da Orla Lagunar foi furtado | © Reprodução
Assento do balanço da Orla Lagunar foi furtado | © Reprodução

Furto e depredação de materiais e equipamentos públicos têm sido registrados nos últimos meses em Maceió, causando prejuízos aos cofres públicos, além de deteriorar espaços de convivência recentemente revitalizados.

De acordo com a assessoria da gestão municipal, no bairro da Santa Lucia, no final de maio, a Zeladoria Municipal identificou o furto do assento de madeira do balanço gigante. Na orla lagunar, o assento do balanço também já foi furtado no início do ano e, na semana de chuva, a Prefeitura registrou a retirada do cercadinho de madeira colocado no canteiro central.

Essas e outras situações chamam a atenção para a necessidade de o poder público contar com a fiscalização e vigilância dos moradores e visitantes da cidade para a preservação dos espaços públicos.

O gerente da Zeladoria Municipal de Maceió, Fábio Palmeira, faz um apelo para que as pessoas atuem como agentes fiscalizadores e participem do processo de construção de uma cidade mais humana para todos, que é o objetivo da Prefeitura com a realização de intervenções urbanísticas em todos os bairros.

– O poder público faz o seu papel de dar manutenção a esses espaços, mas a sociedade também precisa fazer o papel dela, que é cuidar, zelar, ter a devida educação e respeito para com a sua cidade. Sejamos todos vigilantes e corresponsáveis por tudo aquilo que é da sua cidade. A cidade tem que ser vista como uma extensão da casa de cada morador, e é isso que a gente tem que pensar: a cidade é a nossa casa, então façamos dela o nosso lugar de valorização e de respeito – cobra.

O gerente ainda destaca que as práticas de vandalismo, furto e depredação podem ser, inclusive, enquadradas como crime ao patrimônio público. O Município trabalha para corrigir os espaços danificados, mas pode agir contra os responsáveis, caso eles sejam identificados.

*Com Assessoria
veja também

JHC, prefeito de Maceió | © Assessoria
Maceió
Prefeito de Maceió, JHC, anuncia auxílio de até R$ 3 mil para famílias vítimas das enchentes

O anúncio foi feito por meio das redes sociais do prefeito; além do novo auxílio, haverá a criação de mais mil vagas do Aluguel Social.


Protocolo foi instituído por iniciativa do Centro de Gestão Integrada da Saúde (Cegis), antigo Cora, e da Rede Cegonha de Maceió | © Assessoria
Maceió
Saúde implanta Protocolo de Regulação de Leitos Neonatal em Maceió

Critérios visam reduzir a mortalidade infantil e auxiliar no fluxo de regulação dos recém-nascidos na capital.


Secretaria de Segurança Comunitária e Convívio Social de Maceió | © Assessoria
Maceió
Perdeu documentos no São João do Jaraguá? Eles podem estar no prédio da Semscs

Documentos encontrados, pela organização do evento, foram encaminhados para o prédio sede da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social, em Jaraguá.


Polícia Científica | © Divulgação
Maceió
Homem é assassinado a tiros no bairro do Poço, em Maceió

Testemunhas informaram que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas.


Vereador por Maceió, Leo Dias, durante visita de Jair Bolsonaro a Maceió | © Reprodução
Maceió
Leonardo Dias comemora visita de Bolsonaro a Alagoas

Em entrevista ao BR104, o parlamentar ressaltou a importância da entrega dos imóveis que vão beneficiar mais de 4 mil pessoas nesta remessa.