publicidade
publicidade
Maceió

Direitos das mulheres é tema de nova ação da Prefeitura na parte alta de Maceió

Participaram da ação, na tarde de sábado (28), cerca de 370 lideranças femininas dos bairros Eustáquio Gomes e Village Campestre.

Publicado:


Participaram da ação, na tarde de sábado (28), cerca de 370 lideranças femininas da região | © Cortesia
Participaram da ação, na tarde de sábado (28), cerca de 370 lideranças femininas da região | © Cortesia

O Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres segue combatendo a violência contra a mulher em toda Maceió. A coordenadora da pasta, Ana Paula Mendes, esteve, mais uma vez, atuando na parte alta da cidade. Participaram da ação, na tarde de sábado (28), cerca de 370 lideranças femininas da região.

O evento, intutilado “Mulheres curadas curam” foi dividido em duas palestras, que ocorreram em duas Igrejas Batistas, a Kadosch no Conjunto Eustáquio Gomes; e a Maanaimn no Conjunto Village Campestre, ambos localizado na Cidade Universitária.

O bairro, somente de janeiro a agosto de 2020 — ápice do isolamento social por conta da pandemia do coronavírus —, integra um dos locais com mais infrações à Lei Maria da Penha. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL), somente os bairros do Benedito Bentes, da Cidade Universitária e do Tabuleiro do Martins representam quase 30% das denúncias do total de 1.114 no período.

“Infelizmente, essa ainda é uma realidade muito forte. Em Maceió, especialmente na parte alta da cidade, os números têm sido ainda mais alarmantes. Por isso, estamos realizando diversas ações informativas pela região. Todas essas mulheres e suas famílias se mostraram incrivelmente receptivos à experiência. Sou muito grata a todos que participaram”, pontuou a coordenadora.

Como prevenção a novos casos de violência contra a mulher, a Prefeitura de Maceió tem utilizado da informação como uma das principais armas no combate à prática. No evento, as moradoras foram apresentadas à cartilha da campanha Agosto Lilás, com todas as informações necessárias, incluindo o Violentômetro, para que a população se torne aliada do Município nessa batalha.

Ainda de acordo com a coordenadora, Maceió está pronta para receber todas as vítimas de violência. “Nosso objetivo é que essas mulheres transformem sua realidade e sejam donas dos seus destinos”, finalizou.

*Com Assessoria
veja também

Ana Júlia e o prefeito de Maceió JHC – © Assessoria
Maceió
JHC discute parceria com estudante do SESI finalista do Nobel da Educação

A estudante maceioense é uma das 50 finalistas do Global Student Prize (Nobel da Educação) para estudantes.


A cabine do caminhão ficou completamente destruída no acidente | © CBM
Maceió
Duas pessoas ficam feridas em tombamento de caminhão na AL-105, em Maceió

O acidente aconteceu na Cachoeira do Meirim, no Benedito Bentes. Os dois feridos foram encaminhados ao HGE.


O perfil já esta disponível para acesso – © Assessoria
Maceió
Em Maceió, SMTT cria perfil em rede social para se aproximar ainda mais da população

O perfil vai deixar o órgão mais perto da população, facilitando a comunicação sobre possíveis mudanças no trânsito da capital.


Operários durante execução de obras – © Assessoria
Maceió
Avenida em Maceió é interditada no período noturno para execução de obras

As intervenções estão ocorrendo para melhorar o sistema da região. O trânsito passou a ser modificado às 21h desta sexta-feira (8).


Por conta da confusão, a via coberta de frutas e verduras | © Cortesia
Maceió
Homem que foi linchado após confusão no Centro de Maceió morre no HGE

Ben Donson, que era motorista de aplicativo, foi cercado por feirantes na rua das Árvores, retirado à força do automóvel e agredido.