publicidade
publicidade
Justiça

STF lança inteligência artificial RAFA 2030

O STF, além da RAFA 2030, também conta com o robô Victor, que analisa os recursos extraordinários recebidos de todo o país.

Publicado:


RAFA 2030 | © Reprodução
RAFA 2030 | © Reprodução

Na próxima segunda-feira (16/5), o Supremo Tribunal Federal (STF) irá promover um evento virtual “Conheça a RAFA: inteligência artificial do STF aplicada à Agenda 2030 da ONU”. O evento será aberto ao público em geral, com transmissão pelo canal do STF no YouTube.

A RAFA 2030 (Redes Artificiais Focadas na Agenda 2030) é uma ferramenta tecnológica desenvolvida para apoiar a classificação de processos na Corte de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

Por meio de redes neurais com comparação semântica, a RAFA 2030 auxilia magistrados e servidores na identificação dos ODS em textos de acórdãos ou de petições iniciais em processos do STF.

A iniciativa integra o projeto estratégico da Agenda 2030, e está alinhada com o eixo tecnológico da gestão do ministro Luiz Fux de transformar o Supremo em uma Corte Constitucional Digital, o que expande o acesso à justiça e otimiza a transparência dos trabalhos do Tribunal.

O STF também conta com o robô Victor, que analisa os recursos extraordinários recebidos de todo o país, especialmente quanto a sua classificação em temas de repercussão geral de maior incidência, enquanto a RAFA ajuda na classificação de processos da Corte de acordo com os ODS da Agenda 2030 da ONU.

veja também

Supremo Tribunal Federal | © Reprodução
Justiça
STF julga inconstitucionalidade em punições da “Lei Seca”

Caso os ministros do STF considerem que estas leis são inconstitucionais, o futuro da referida Lei Seca pode estar em jogo.


Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes | © Reprodução
Justiça
18 de maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Em Alagoas, o PCJE está realizando uma palestra com o tema "Combater a violência sexual é papel de todos nós".


Klever Loureiro | Reprodução
Justiça
Klever Loureiro reassume presidência do TJAL

Klever Loureiro retornou ao seu cargo de origem, assumindo a presidência do TJAL, após as eleições indiretas para o governo do Estado.


Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes - @Reprodução
Justiça
Alexandre de Moraes acompanha Gilmar Mendes em voto sobre eleição em Alagoas

Até a publicação desta matéria, apenas 3 ministros haviam votado.


Tribunal condena homem a 26 anos de prisão | © Imagem Ilustrativa/Reprodução
Justiça
Homem que matou dono de bar por dívida de R$ 50 é condenado a 26 anos de prisão

O crime aconteceu em 2016 e foi motivado por uma cobrança de R$ 50. A pena foi fixada em 26 anos de reclusão.