OAB/AL manifesta perplexidade e sugere afastamento de Moro e Dallagnol

Nota da Ordem pede ‘prudência para que se forme juízo definitivo apenas após a análise da íntegra dos documentos e o devido processo legal’

Publicado em: 11/06/19 às 9:50

Por Micael Batista


OAB manifesta perplexidade e sugere afastamento de Moro e Dallagnol — © Reprodução/Internet
OAB manifesta perplexidade e sugere afastamento de Moro e Dallagnol — © Reprodução/Internet

Justiça — O Conselho Federal e o Colégio de Presidentes das seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil de Alagoas (OAB/AL) manifestaram “perplexidade e preocupação”, tanto por autoridades públicas supostamente terem sido hackeadas, quanto pelo conteúdo das conversas, que ameaçam o que chamou de alicerces do estado democrático de direito.

Na nota pública, a OAB/AL pede prudência “para que, somente após o devido processo legal – com todo o plexo de direitos fundamentais que lhe é inerente –, seja formado juízo definitivo de valor”.

O texto afirma ainda que “a gravidade dos fatos, o que demanda investigação plena, imparcial e isenta, na medida em que estes envolvem membros do Ministério Público Federal, ex-membro do Poder Judiciário e a possível relação de promiscuidade na condução de ações penais no âmbito da operação lava-jato”.

Segundo a OAB, “este quadro recomenda que os envolvidos peçam afastamento dos cargos públicos que ocupam, especialmente para que as investigações corram sem qualquer suspeita”.

+ Vereador é investigado por suspeita de lavagem de dinheiro e sonegação

Confira a nota na íntegra:

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Colégio de Presidentes de Seccionais, por deliberação unânime, manifestam perplexidade e preocupação com os fatos recentemente noticiados pela mídia, envolvendo procuradores da república e um ex-magistrado, tanto pelo fato de autoridades públicas supostamente terem sido “hackeadas”, com grave risco à segurança institucional, quanto pelo conteúdo das conversas veiculadas, que ameaçam caros alicerces do Estado Democrático de Direito.

É preciso, antes de tudo, prudência. A íntegra dos documentos deve ser analisada para que, somente após o devido processo legal – com todo o plexo de direitos fundamentais que lhe é inerente –, seja formado juízo definitivo de valor.

Não se pode desconsiderar, contudo, a gravidade dos fatos, o que demanda investigação plena, imparcial e isenta, na medida em que estes envolvem membros do Ministério Público Federal, ex-membro do Poder Judiciário e a possível relação de promiscuidade na condução de ações penais no âmbito da operação lava-jato. Este quadro recomenda que os envolvidos peçam afastamento dos cargos públicos que ocupam, especialmente para que as investigações corram sem qualquer suspeita.

A independência e imparcialidade do Poder Judiciário sempre foram valores defendidos e perseguidos por esta instituição, que, de igual modo, zela pela liberdade de imprensa e sua prerrogativa Constitucional de sigilo da fonte, tudo como forma de garantir a solidez dos pilares democráticos da República.

A Ordem dos Advogados do Brasil, que tem em seu histórico a defesa da Constituição, da ordem jurídica do Estado Democrático e do regular funcionamento das instituições, não se furtará em tomar todas as medidas cabíveis para o regular esclarecimento dos fatos, especialmente junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), Procuradoria-Geral da República (PGR), Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ), reafirmando, por fim, sua confiança nas instituições públicas.


Em União dos Palmares, escola oferece cursos profissionalizantes.

C2 Educação Profissionalizante está abrindo matrículas para os cursos de Manutenção de iPhone e Smartphone, e para o curso de Designer de Sobrancelhas com aplicação de Henna.

Há 1 hora atrás | Redação

Fernando Collor nega ter “excluído” Muquém de lista de cestas básicas

Segundo uma nota enviada à redação do BR104, quem escolheu as comunidades quilombolas para receber as cestas básicas foi a Fundação Cultural Palmares

Há 5 horas atrás | Redação

Filme “Zumbi Quilombo dos Palmares” será gravado na Serra da Barriga

A segunda fase do filme sobre Zumbi dos Palmares será gravada no fim de julho, nos municipios de Atalaia e União dos Palmares

Há 6 horas atrás | Redação

Após denúncia de Caju, prefeitura de União retoma obra de creche que custou R$2 milhões

Com um custo de R$2 milhões, embora a Miramar Construtora LTDA seja a vencedora da licitação, a obra vem sendo tocada por uma empreiteira local.

Há 8 horas atrás | Redação

BR 416: Ministro confirma a JHC retomada para conclusão das obras

JHC já garantiu R$ 15 milhões para a obra que será́ um marco para a Zona da Mata.

Há 9 horas atrás | Redação

Fernando Collor exclui Muquém de entrega de cestas básicas por disputa política

O Muquém, no município de União dos Palmares, é o único quilombo remanescente de Palmares

Há 9 horas atrás | Redação

Rodrigo Cunha lamenta contágio de Covid-19 por Bolsonaro

Para Cunha, um presidente da republica testar positivo para a doença, revela apenas que o vírus não faz distinção de pessoas

Há 10 horas atrás | Redação

Educação de Santana do Mundaú entrega novos 2.117 kits de gêneros alimentícios

A secretária Daniele Márcia reforça que apesar do delicado período, tanto as equipes da educação, quanto pais e alunos, estão tentando se adequar ao "novo normal".

Há 11 horas atrás | Redação

Congresso “Não perca a Alegria” será online e gratuito, divulgam Testemunhas de Jeová

Veja onde e como assistir ao programa que contará com entrevistas e a exibição de um filme sobre Neemias

Há 11 horas atrás | Redação

Eleições 2020: Pré-candidato a prefeito da Laje recebe apoio de Inácio Loiola

Deputado elogia postura política e projetos de Flávio Catão para São José da Laje

Há 11 horas atrás | Redação