Justiça

Justiça proíbe Verde Alagoas de cobrar consumidor por média de consumo

O processo tramita sob o número 0700435-32.2024.8.02.0010.

Publicado: | Atualizado em 11/06/2024 11:16


Verde Alagoas - @Reprodução
Verde Alagoas - @Reprodução

O Juízo de Direito da Vara do Único Ofício de Colônia Leopoldina, Alagoas, concedeu tutela provisória em favor de Sérgio Murilo Nunes da Rocha, autor de uma ação contra a concessionária Verde Ambiental Alagoas S.A.

A decisão, assinada pelo juiz Jonathan Pablo Araujo, determina que a concessionária realize a leitura mensal do hidrômetro com base no efetivo consumo, cessando a prática de faturamento pela média de consumo.

Sérgio Murilo Nunes da Rocha moveu uma ação de anulação de débito com obrigação de fazer, além de indenização de R$ 20.000,00 e pedido de tutela. Ele alegou que a concessionária estava cobrando valores indevidos com base na média de consumo, e não no consumo real medido pelo hidrômetro.

A decisão judicial acolheu a petição inicial e determinou que a Verde Ambiental se abstenha de interromper o fornecimento de água na unidade consumidora do autor, localizada no Loteamento Jardim. O juiz Jonathan Pablo Araujo fundamentou a decisão nos artigos 294 e 300 do Código de Processo Civil (CPC), destacando a necessidade de tutela provisória para evitar dano iminente ao autor.

O processo tramita sob o número 0700435-32.2024.8.02.0010.

Assuntos

Verde Alagoas

Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Pai do Anthony planejou o crime sozinho | @ Reprodução
Justiça
Caso Anthony: pai que envenenou filho de 4 anos é indiciado por homicídio qualificado

O crime tem sido tratado pela polícia como homicídio qualificado majorado em 2/3 pela criança ter menos de 14 anos de idade.


Kil de Freitas e Zé Pedrosa - @Reprodução
Justiça
Processo em que Areski cobrava R$ 240 mil a família de Zé Pedrosa é julgado após 6 anos

A ação civil pública foi movida pelo Município de União dos Palmares contra o espólio de Zé Pedrosa e seus herdeiros


João Lyra – © Reprodução
Justiça
Desembargadores evitam processos da Laginha e caso deve ir ao STF

13 dos 17 desembargadores do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) declararam suspeição para julgar os recursos relacionados ao processo de falência


Mulher em camara de bronzemaento - @Reprodução
Justiça
TJ-AL mantém proibição do uso de câmara de bronzeamento artificial

O pedido foi negado pela 14ª Vara Cível da capital alagoana, levando a empresária a recorrer.


Prova de concurso publico - @Reprodução
Justiça
Justiça suspende concurso em Alagoas por prever menos de 5% de vagas para PcD

A decisão determinou a suspensão imediata do processo seletivo, a revisão do edital e a reabertura das inscrições