publicidade
publicidade
Justiça

Homem que matou outro a facãozadas é condenado a 12 anos de prisão

A decisão foi tomada pelo Tribunal do Júri da 8ª Vara Criminal de Maceió, conduzido pela juíza Lívia Maria Mattos.

Publicado:


Imagem ilustrativa de homem algemado | © Reprodução
Imagem ilustrativa de homem algemado | © Reprodução

Nesta quinta-feira (2/6), um homem identificado como José Wellington dos Santos, acusado de assassinar a facãozadas um rapaz conhecido como Samuel Santos da Silva, foi condenado a 12 anos de prisão.

A decisão foi tomada pelo Tribunal do Júri da 8ª Vara Criminal de Maceió, conduzido pela juíza Lívia Maria Mattos.

O crime aconteceu em 2018, no Bairro Benedito Bentes, na capital alagoana. De acordo com as testemunhas, José Wellington e Samuel estavam bebendo na residência de um colega, no momento em que este último chamou Wellington de “corno”.

Ainda na ocasião, a vítima disse que ia ter relações sexuais com a esposa do réu. Segundo os autos do processo, após revidar a brincadeira do rapaz, Wellington teria se retirado local.

Quando Samuel estava a caminho de sua casa, foi surpreendido por José, que lhe desferiu diversos golpes de facão, levando-o a óbito. Em seu depoimento, Wellington confessou a autoria do crime.

A juíza fixou a pena do réu em 12 anos de prisão com regime inicial fechado. Ele cumpria prisão preventiva desde 2018.

*Com informações TJ/AL
veja também


Almiro Belo, Sandro Jorge e Jailson Vicente
Justiça
TRE/AL julga pedido de cassação dos mandatos de vereadores de União dos Palmares

Os vereadores do MDB foram acusados de fraude à cota de gênero


Fabricia e Zé da Galera | © Reprodução
Justiça
TJ/AL nega recurso e vereadores são afastados por improbidade em São José da Laje

Além de Fabricia e Zé da Galera, funcionários da Câmara de Vereadores da cidade, já afastados, também estão respondendo ao processo.


Juiz Yulli Roter e desembargador Klever Loureiro - DICOM
Justiça
Juiz Yulli Roter Maia deixa 2ª Vara de União dos Palmares

O magistrado foi empossado pelo desembargador Klever Loureiro na 7ª Vara Criminal de Maceió (Tribunal do Júri).


Desembargador Otávio Leão Praxedes — © Caio Loureiro
Justiça
Desembargador Otávio Praxedes se afasta do Tribunal de Justiça de Alagoas

Praxedes vai se dedicar, exclusivamente, às suas atividades como presidente do Tribunal Regional Eleitoral durante as eleições.