publicidade
publicidade
Justiça

Caso Fabiano: Advogado se retrata sobre acusações contra policiais

A medida é decorrente de uma audiência de conciliação entre ele e dois cabos do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran).

Publicado:


Dr. Paulo Cavalcante durante entrevista ao BR104 | © Reprodução
Dr. Paulo Cavalcante durante entrevista ao BR104 | © Reprodução

O advogado Dr. Paulo Roberto Alves Cavalcante se retratou, nesta sexta-feira (30/7), pelo discurso direcionado a dois cabos do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) após o episódio envolvendo a prisão de um homem em União dos Palmares, na Zona da Mata de Alagoas.

A medida é decorrente de uma audiência de conciliação entre ele e os militares. Em uma entrevista ao BR104, no dia 20 de agosto 2020, o advogado disse que um dos policiais mentiu a respeito do caso, enquanto o depoimento do outro contradizia o que o primeiro havia relatado.

“O Dr. Paulo Roberto Alves Cavalcante se retrata irrestritivamente do discurso anteriormente direcionado aos cabos Flaviano Manoel de Andrade Melo e Ramon Henrique Barros Pereira. Essa retratação é parte de um acordo proferido nos autos do processo nº 0724360-26.2020.8.02.0001, não existindo vencidos e vencedores, mas apenas uma composição objetivando a resolução do processo e sua consequente extinção”, diz a retratação.

Dr. Paulo foi representante de José Fabiano da Silva, preso no dia 18 de agosto sob a suspeita de tráfico de drogas em um curral de animais, na rua Vereador Francisco de Moraes Lins. O rapaz foi inocentado pela Justiça após passar seis meses no sistema prisional.

veja também

Usina Laginha em União dos Palmares| ⬆ © Reprodução
Justiça
Credores da Laginha tentam acelerar pagamento de indenizações e recorrem ao CNJ

A Laginha faliu em 2014, deixando um rastro de R$ 2 bilhões em dívidas espalhadas por 19 mil credores.


O juíz entendeu que a empresa não apresentou documentos que comprovasem o débito causador da negativação | © Ilustração
Justiça
Equatorial Alagoas é condenada por negativar nome de cliente indevidamente

A empresa não apresentou documentos que comprovassem o débito causador da negativação, de acordo com a decisão do juiz Henrique Teixeira.


Desembargador Orlando Manso (1942-2021) | © Divulgação/TJAL
Justiça
Ex-presidente do TJ/AL, Orlando Manso, morre aos 78 anos

O sepultamento ocorrerá às 16h, ainda nesta segunda-feira (13), no Campo Santo Parque das Flores, em Maceió.


O leilão das usinas Trialcool e Vale do Paranaíba, em Minas Gerais, foi em 2017 | © Divulgação/TJ-AL
Justiça
Justiça de Alagoas nega pedido de anulação dos leilões de usinas da Laginha

Com a decisão, o processo de pagamento aos ex-funcionários deve continuar. O leilão das usinas Trialcool e Vale do Paranaíba, em Minas Gerais, foi em 2017.


Pastor Jose Olimpio e Paulo Gustavo | © Reprodução
Justiça
Homofobia: MPAL denuncia pastor que desejou morte de Paulo Gustavo

Segundo o órgão, José Olímpio da Silva praticou discriminação e incitou o preconceito, utilizando-se de elementos referentes à orientação sexual ou identidade de gênero.