Interior

PRF apreende 2 mil unidades de roupas sem nota fiscal no interior de AL

A suspeita é de que as mercadorias tenham sido trazidas de Caruaru, no interior pernambucano.

Publicado:


Mercadoria apreendida pela PRF | Foto: Ascom/PRF
Mercadoria apreendida pela PRF | Foto: Ascom/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta segunda-feira (5/6) a apreensão de 2 mil unidades de roupas sem nota fiscal. A mercadoria foi flagrada no sábado (3/6) no quilômetro 129 da BR-101, no município de São Miguel dos Campos, Zona da Mata do Estado de Alagoas.

De acordo com informações fornecidas à reportagem, as roupas estavam sendo transportadas em um veículo Fiat/Doblo de cor branca. No total, foram encontrados 100 fardos contendo vestimentas de diversos tamanhos dentro do automóvel, todas desprovidas de documentos fiscais. A suspeita é de que as mercadorias tenham sido trazidas de Caruaru, no interior pernambucano.

As roupas apreendidas foram encaminhadas para a Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas (SEFAZ/AL) para que seja realizada a devida análise. Não há informações disponíveis sobre a prisão do motorista responsável pelo transporte da carga.

A apreensão de produtos sem nota fiscal é uma prática ilegal que pode acarretar em punições legais e prejuízos para o comércio regular e a economia do país. A Polícia Rodoviária Federal, em conjunto com as autoridades fiscais, tem intensificado a fiscalização nas estradas para combater o transporte ilegal de mercadorias e garantir a legalidade no comércio.


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Marcela Gomes - @Reprodução
Interior
Secretários de Marcela Gomes divulgam pesquisa ilegal em Novo Lino

A legislação eleitoral brasileira exige que todas as pesquisas realizadas em anos eleitorais sejam registradas


Boleto da Verde Alagoas | © Johny Lucena
Interior
TJ obriga Verde a regularizar abastecimento e a devolver o dinheiro de quem pagou fatura sem ter água

Caso a Verde Ambiental Alagoas não cumpra com as obrigações dentro do estipulado período de 30 dias, enfrentará uma penalidade financeira de R$ 10 mil por cada dia de atraso


Vitima com hematomas - @Reprodução
Interior
Homem é preso após espancar e tentar cortar os dedos da esposa com alicate em Novo Lino

m uma audiência de custódia realizada nesta segunda-feira (19), foi concedida ao agressor liberdade provisória.


Prefeito de Colonia Leopldina, Manuilson - @Reprodução
Interior
Prefeitura de Colônia Leopoldina é processada por transtornos causados pela Verde Alagoas

O processo segue em trâmite, aguardando as próximas etapas conforme estabelecido pela justiça. 


Entrada da cidade de Ibateguara — © BR104
Ibateguara
Uma mulher e dois homens são presos em Ibateguara por tráfico de drogas

Os três adultos foram detidos e conduzidos ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Murici para os devidos procedimentos legais.