publicidade
publicidade
Interior

Cápsula de Césio 137 encontrada em ferro-velho evita acidente radioativo

O material é o mesmo encontrado em Goinaia, há 30 anos, que causou maior acidente radiológico do mundo

Publicado: | Atualizado em 23/01/2019 14:20


Material é o mesmo encontrado em Goiânia, há 30 anos, que causou maior acidente radiológico do mundo (Crédito: Divulgação/Prefeitura de Arapiraca)
Material é o mesmo encontrado em Goiânia, há 30 anos, que causou maior acidente radiológico do mundo (Crédito: Divulgação/Prefeitura de Arapiraca)

Arapiraca – Uma cápsula de raio-X contendo Césio 137 foi recolhida, pela Vigilância Sanitária (VISA), na tarde dessa terça-feira (22), de um ferro velho, localizado no bairro São Luiz II, no município de Arapiraca, em Alagoas. A peça foi encontrada após uma denúncia anônima.

De acordo com informações da Prefeitura de Arapiraca, a equipe foi até o local e informou ao proprietário que o material oferecia risco à população e imediatamente a cápsula foi entregue. O material havia sido retirado de um equipamento de mamografia.

A Prefeitura ressaltou ainda que, caso a empresa que fez o descarte incorreto seja identificada, ela poderá responder criminalmente pelo fato de ter colocado a comunidade em risco. Isso porque o objeto deveria ter sido entregue a uma empresa especializada na manutenção de equipamentos de raio-X para ser levado a um local adequado.

O coordenador da Vigilância Sanitária, Edilson Melo, afirmou que a cápsula não apresenta risco à população, já que não foi violada. “Ela fechada não tem perigo nenhum, mas se tivesse sido aberta as pessoas correriam risco de contaminação. Conseguimos evitar uma tragédia como a que houve em Goiânia há 32 anos”.

Acidente com o césio-137 em Goiânia (Crédito: Carlos Costa/O Popular)

Acidente com o césio-137 em Goiânia (Crédito: Carlos Costa/O Popular)

O incidente citado pelo coordenador ocorreu em 13 de setembro de 1987, quando dois catadores de materiais recicláveis localizaram um aparelho de radioterapia, semelhante ao encontrado no município alagoano, desmontaram e venderam a um ferro-velho no Centro de Goiânia.

+ Rotary Club realiza campanha de doação de sangue em parceria com Hemoal em União

O pó de coloração azul que ficava dentro do equipamento causou 60 mortes e contaminou, pelo menos, 1,6 mil pessoas. Esse ficou conhecido como o maior acidente radiológico do mundo, que completará 31 anos em setembro deste ano.

Quem tiver informações que possam ajudar a localizar o responsável pelo descarte da cápsula ou quiser fazer outras denúncias, pode ligar para a Vigilância Sanitária de Arapiraca pelo telefone (82) 3530-3302, das 8h às 14h.

veja também

Polícia Militar de Alagoas | © Reprodução
Interior
Mulher é morta a facadas por ex-companheiro em Jacuípe

Após o crime, Sebastião saiu de casa e utilizou uma moto para fugir em direção à AL-105, mas foi localizado pela polícia.


Bombeiros capturam Jibóia | © Ilustrativo
Interior
Jibóia é capturada dentro de residência em Santana do Ipanema

Bombeiros foram acionados para atender uma ocorrência de uma cobra que estava no telhado de uma residência em Santana do Ipanema.


Paulo Dantas em Ibateguara - @Reprodução
Interior
Paulo Dantas anuncia construção de CISP em Ibateguara

O governador de Alagoas assinou a ordem de serviço no último sábado


Violência contra a mulher | © Imagem ilustrativa
Polícia
Homem descumpre ordem da Justiça e ameaça mulher no interior de Alagoas

O suspeito descumpria ordem de restrição estabelecida pela Justiça.


Tenente Maxwell | © Reprodução
Polícia
Caso Alessandra Araújo: Suspeito por crime de adolescente diz que “entrou em surto”

O crime aconteceu nesta quarta-feira (22/06), após a vítima siar do colégio.