publicidade
publicidade
Greve

Sem salário, garis de União recebem cesta básica e voltam ao trabalho após paralisação

Mesmo sendo feriado de finados, uma equipe de garis atua nas ruas do município retirando as toneladas de lixo que se acumularam durante as horas de paralização.

Publicado: | Atualizado em 02/11/2018 13:16


Cesta básica entregue pela prefeitura (Imagem/Whatsapp)
Cesta básica entregue pela prefeitura (Imagem/Whatsapp)

Os servidores contratados da secretária de Infra-Estrutura (SEINFRA), do município de União dos Palmares, que haviam paralisado as atividades na última quinta-feira (31), devido aos constantes atrasos salariais, retornaram às atividades no fim da tarde.

Segundo informações repassadas pelos próprios servidores, o prefeito do município, Areski Freitas (Kil), autorizou a distribuição de cestas básicas para os garis, e fez uma nova promessa de pagamento dos salários atrasados.

Para o próximo dia 30 de Novembro, está previsto o pagamento de um dos seis meses que estão  em aberto, sendo 3 meses que não foram pagos em 2017 e mais 3 meses que não foram pagos já em 2018.

Não ficou claro, no entanto, se no próximo dia 30 será pago um desses meses que estão atrasados, ou se será apenas o salário do mês corrente.

Mesmo sendo feriado de finados, uma equipe de garis atua nas ruas do município retirando as toneladas de lixo que se acumularam durante as horas de paralização.

veja também

Governo autoriza antecipação do 13º para aposentados — © Reprodução/Santos Bancário
Greve
Entenda o que provocou as paralisações nas agências do INSS

O BR104 entrou em contato com o vice-presidente do SINDPREV, Ronaldo Alcântara, que explicou melhor sobre as pautas de reivindicações.


Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) — © Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Greve
INSS: Quais os possíveis impactos que a greve pode causar aos brasileiros?

Com o anúncio da greve, que está prevista para esta quarta-feira (23/3), servidores do INSS batalham por recomposição salarial.


Ministra Damares Alves - Divulgação
Greve
Ministério de Damares Alves quer traduzir o ECA em Libras

A proposta é que qualquer pessoa surda ou com deficiência auditiva, adaptada a Língua Brasileira de Sinais (Libras), consiga ter a compreensão do ECA



Prefeito de Ibateguara Geo Cruz (esq) e Cícero Timóteo (dir), presidente do SINDIB
Greve
Sem acordo, “briga” entre prefeito e servidores de Ibateguara vai parar no TJ

O município tem um dos piores índices do IDEB para os anos finais do ensino fundamental no estado de Alagoas